Cidadeverde.com
Esporte

Fernando Diniz é apresentado no Fluminense: 'Volto muito melhor do que em 2019'

Imprimir

Fernando Diniz foi apresentado oficialmente como novo técnico do Fluminense nesta segunda-feira. O comandante chega após a saída de Abel Braga, em sua segunda passagem como treinador da equipe carioca. O último trabalho do profissional de 48 anos foi no Vasco, no último ano.

Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense

Velho conhecido do clube, Diniz atuou no Fluminense durante sua carreira como jogador, sendo campeão carioca em 2002. Como treinador, comandou a equipe em 2019, sendo demitido no mesmo ano.

Na ocasião, comandou o time em 44 oportunidades, com dezoito vitórias, onze empates e quinze derrotas.

Durante a coletiva de apresentação, reconheceu que o aproveitamento de sua primeira passagem não foi satisfatório e prometeu que desta vez, as vitórias à frente do Fluminense serão prioridade em seu trabalho.

"Eu pretendo ganhar muito mais do que ganhei em 2019, para ser bem objetivo, e melhorar também o rendimento, mas o principal é ganhar mais partidas. Estudei muito, revi muitos jogos que eu fiz, assisti jogos de tudo que é divisão, de tudo que é país. Eu volto muito melhor do que eu parti em 2019", afirmou Diniz.

Em sua primeira análise do elenco, Diniz definiu o plantel da equipe como "bem montado e extremamente qualificado". Ainda aproveitou a oportunidade para rasgar elogios ao meio-campista Ganso, uma das principais peças do time.

"A minha opinião sobre ele nunca oscilou, e o Ganso para mim é um gênio. É um cara que faz coisas, e eu joguei e treinei muita gente talentosa. Ele faz coisas que ninguém faz", concluiu.

A reestreia de Fernando Diniz no comando do Fluminense acontece nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pela Copa Sul-Americana, frente o Junior Barranquilla, da Colômbia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir