Cidadeverde.com
Política

Rafael Fonteles não descarta possibilidade de aliança com Washington Bonfim

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Pré-candidato a governador, Rafael Fonteles (PT) não descarta a provável adesão do professor Washington Bonfim (Cidadania) ao seu palanque. Em entrevista ao Jornal do Piauí desta terça-feira (03), o petista afirmou que tem conversado com lideranças de todos os campos políticos, inclusive com Bonfim, a quem fez elogios. 

“O conheço desde quando era estudante da UFPI. Ele já era professor. É um grande pensador do estado, tem experiência de gestão comprovada, inclusive prestando seu serviço a outros estados e entes da federação. Uma conversa muito boa, falando sobre o futuro do Piauí. A questão do alinhamento político só o tempo dirá se será possível”, disse Fonteles. 

Washington Bonfim esteve recentemente reunido com o deputado federal Merlong Solano (PT), que também mostrou otimismo na composição de uma aliança. Nos bastidores, informações dão conta de que o professor pode deixar o Cidadania para se filiar ao PSB, que compõe uma federação partidária com o PT. 

Bonfim era pré-candidato ao governo do estado até pouco tempo atrás, mas se viu inviabilizado após seu partido formar uma federação com o PSDB. A composição descartou candidatura própria no Piauí e manifestou apoio a Sílvio Mendes (União Brasil).

Para Rafael Fonteles, o diálogo será fundamental nas eleições deste ano, até mesmo com quem era adversário até pouco tempo atrás. Ele cita o exemplo de Lula, que terá como vice em sua chapa presidencial o ex-governador Geraldo Alckmin, rival do petista em 2006. 

“Há a necessidade de mais forças políticas, não necessariamente da esquerda e do PT, se sentarem à mesa, ver os pontos convergentes e marchem juntos para poder construir o Brasil e, portanto, impedir a destruição de estados brasileiros que estão no caminho certo, como é o caso do Piauí”, argumentou o pré-candidato. 


Breno Moreno (Com informações do Jornal do Piauí)
[email protected]

Imprimir