Cidadeverde.com
Cidades

Réu que tentou matar ex-namorada com garfo e faca é condenado a 4 anos de prisão

Imprimir

Foto: Divulgação/MP-PI

O Tribunal do Júri da Comarca de Simplício Mendes, a 386 km de Teresina, condenou Roberlândio da Cruz a 4 anos e 4 meses de prisão em regime semiaberto após tentar matar a ex-namorada Lusiene Mendes Arrais com uma faca e um garfo no ano de 2021, por não aceitar o fim do relacionamento. A decisão é do dia 3 de maio.

De acordo com denúncia apresentada pelo Ministério Público, no dia 13 de agosto de 2021, por volta das 16h30, a vítima estava na casa da tia do acusado, quando ele chegou ao local perguntando se ela queria morrer naquele dia ou em outra hora. Ele então atacou a ex-namorada utilizando uma faca.

A vítima tentou correr do agressor, momento em que ele a derrubou no chão e continuou a agredindo com um garfo. De acordo com o MP, ele não aceitava o fim do relacionamento, e fazia ameaças para a mulher. Eles namoraram apenas por três meses. 

“Estava separado há dois meses, insistindo em reatar o relacionamento amoroso. Ao ser repelido, ficou totalmente encolerizado e, em seguida, empurrou-a com violência, fazendo com que caísse ao chão, passando então a desferir-lhe vários golpes com uma faca de cozinha e um garfo. Após o cabo da faca ter quebrado, a vítima conseguiu desvencilhar-se do seu agressor, conseguindo ser socorrida por populares que passavam pelo local, o que evitou a consumação de mais um crime de feminicídio no estado do Piauí”, disse o promotor de Justiça João Malato.

No mesmo dia da tentativa de feminicídio, Roberlândio foi preso em flagrante pela polícia. A vítima foi socorrida e encaminhada para um hospital, onde conseguiu sobreviver. 

No dia 3 de maio ele foi julgado pelo Tribunal Popular do Júri, onde foi condenado pela prática do crime de tentativa de homicídio qualificado pelo feminicídio, com 4 anos e 4 meses de reclusão em regime semiaberto.

 

Da Redação
[email protected]

 

Imprimir