Cidadeverde.com
Picos

Advogado suspeito de matar "Baiano" alega sofrer ameaças e poderá ficar preso em Teresina

Imprimir

Delegado de Polícia Civil Agenor Ferreira Lima

Nesta quarta-feira (04) o delegado titular da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Entorpecentes, Agenor Ferreira Lima, confirmou a possibilidade de que o advogado R.B.O.N. poderá permanecer preso em Teresina. 

A permanência está sendo avaliada após o advogado, suspeito de assassinar Robson Nascimento Barreto, de 47 anos, alegar estar sofrendo ameaças no município de Picos.

"Diante das ameaças que ele alega sofrer aqui na cidade de Picos, estamos vendo se não seria mais prudente ele permanecer na cidade de Teresina. E essa questão de ficar em Teresina ou vir para Picos, temos que verificar com o Ministério Público e Poder Judiciário", disse o delegado.

O delegado de Polícia Civil ainda enfatizou que todos os procedimentos estão sendo tomados para a conclusão do inquérito policial.

"Em breve iremos concluir o inquérito para encaminhar para o Poder Judiciário e Ministério Público", frisou.

Questionado  sobre a Polícia não identificar o suspeito, Agenor explicou se tratar de um procedimento comum, onde nomes e imagens são divulgados após condenação.

 

Imprimir