Cidadeverde.com
Esporte

Fortaleza sai na frente, cede empate ao River e precisa garantir vaga fora

Imprimir

Em grande jogo na noite desta quinta-feira (5), o Fortaleza saiu na frente, mas o River Plate buscou o empate por 1 a 1, na Arena Castelão, pela quarta rodada do Grupo F da Copa Libertadores.

Foto: Mateus Lotif/FEC

O resultado deixou o clube em situação delicada na chave, pois as duas últimas partidas serão longe de casa.

Logo aos 4 minutos do primeiro tempo, o time tricolor abriu o placar com Romero. De pênalti, Enzo Fernández empatou pouco depois, aos 16.

Os mandantes continuaram melhor na partida, principalmente com a dupla Lucas Lima e Crispim na esquerda. Com o cansaço, o segundo tempo foi mais equilibrado.

O empate mantém o Fortaleza na terceira colocação da chave, com quatro pontos. O River segue líder e chega aos dez. Alianza Lima e Colo-Colo ainda jogam nesta quinta, às 23h.

Se o time peruano, que ainda não pontuou e é o lanterna, vencer, garante a vaga antecipada dos argentinos. O clube chileno, com seis pontos, é o vice-líder.

Como de costume, a torcida do Fortaleza lotou as arquibancadas do Castelão para uma linda festa.

Além de empurrar o time durante os 90 minutos, os torcedores ainda fizeram um mosaico duplo com mensagens contra o racismo. De um lado, a frase era 'stop racism' (pare o racismo) e, do outro, 'juntos na luta'.

As palavras são uma resposta ao episódio de injúria racional que aconteceu no primeiro encontro entre os clubes, no Monumental de Núñez, na Argentina. Na ocasião, um torcedor jogou uma banana na torcida do Fortaleza.

A bela festa dos torcedores também pode ter marcado o último jogo do Fortaleza em casa na Libertadores em 2022.

Em terceiro no grupo F, o time precisará superar Alianza Lima e Colo-Colo fora de casa nas duas últimas rodadas para passar da primeira fase. Caso se mantenha na terceira colocação, disputará as oitavas da Sul-Americana.

O tropeço deixou o River em situação confortável para garantir a classificação, porém tirou o 100% de aproveitamento da equipe. Como o Flamengo também empatou na rodada, por 2 a 2 contra o Talleres, o Palmeiras passa a ser o único clube com 100% de aproveitamento no torneio.

O JOGO

Empurrados pela torcida na Arena Castelão, o clube tricolor foi para cima e abriu o placar com quatro minutos de bola rolando.

Lucas Lima achou lindo lançamento para Crispim que, cara a cara com o goleiro, rolou para o meio e deixou Romero sozinho, apenas com o trabalho de empurrar para o fundo da rede.

Aos 12min, Fernández lançou para Pochettino, que passou no meio dos zagueiros e foi derrubado por Benevenuto dentro da área. A penalidade foi marcada, apesar das muitas reclamações. Na cobrança, Max Walef para sua direita, porém Enzo Fernández bateu na esquerda e deixou tudo igual.

Mesmo com o gol tomado, a equipe da casa continuou melhor na partida e obrigou Armani a fazer uma série de defesas ainda na etapa inicial. Aos 24, Lucas Lima bateu de dentro da área, contudo em cima do defensor.

No minuto seguinte, arriscou de fora e parou novamente em Armani. Aos 40, o guarda-redes apareceu novamente para salvar a bela cabeçada de Felipe.

O time da casa pressionou demais no início da segunda etapa, contudo acabou cansando e caindo de produção por volta dos 20, minuto em que Max Walef fez uma boa defesa no chute de De La Cruz.

O técnico Vojvoda agiu rápido, fortaleceu o meio-campo com Zé Welison na vaga de Lucas Lima e colocou sangue nove com Depietri e Kayzer no ataque.

As mudanças mantiveram o River com mais posse, porém com o clube tricolor levando muito mais perigo nos contragolpes. Aos 30, Renato Kayzer foi derrubado na área, contudo a arbitragem nada marcou.

Pouco depois de sair de campo, Romero foi protestar para que o árbitro anotasse o pênalti. No entanto, Esteban Ostojich resolveu expulsar o atacante pela reclamação.

Na quinta rodada, o Leão do Pici visita o Alianza Lima no Peru. O duelo será no próximo dia 18, uma quarta, às 23h. Um dia depois, às 19h, o River recebe os chilenos do Colo-Colo.

Antes disso, o Fortaleza atua pela quinta rodada do Brasileirão. No domingo (8), às 19h, ele enfrenta o São Paulo na Arena Castelão.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir