Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo joga mal, empata com o Fortaleza e perde chance de entrar no G-4

Imprimir

um jogo ruim tecnicamente, mas de belos gols, o São Paulo empatou com o Fortaleza por 1 a 1 no Castelão e continua sem vencer fora de casa no Brasileirão.

Foto - Rubens Chiri / saopaulofc.net

Luciano abriu o placar após linda assistência de Igor Gomes e Yago Pikachu deixou tudo igual com um golaço de primeira. Ambos os gols foram marcados no segundo tempo.

O resultado é ruim para os tricolores, principalmente para o Fortaleza, afundado na zona de rebaixamento. O time cearense somou seu primeiro ponto e segue sem vitória na competição nacional.

O São Paulo poderia entrar no G4, mas caiu para o sexto lugar, com oito pontos. Fica, a cada jogo, cada vez mais evidente que a equipe de Ceni não consegue repetir fora de casa o desempenho apresentado quando joga diante de seu torcedor, no Morumbi.

Os dois têm compromissos pela Copa do Brasil na quinta-feira. O Fortaleza visita o Vitória em Salvador tranquilo, já que venceu o primeiro duelo em casa por 3 a 0. O São Paulo recebe o Juventude no Morumbi. Na partida de ida, no Sul, deu empate por 2 a 2.

Foi ruim a primeira etapa no Castelão. Fortaleza e São Paulo são times leves e intensos e, que, seguindo a ideia de seus técnicos, costumam procurar o gol com frequência.

Mas jogaram com lentidão e foram protagonistas de um jogo sonolento. O chute de Alisson defendido por Max Walef poderia ser um indício de que os torcedores assistiram a uma boa apresentação no Ceará, mas não foi.

Os erros de passes em excesso, a falta de criatividade no meio de campo, a baixa competitividade e escolhas erradas no ataque dos dois times impediram que o jogo desenrolasse com qualidade. 

O São Paulo "matou" Calleri, que ficou só no ataque, cercado, na maioria das vezes, por três marcadores. O Fortaleza esteve melhor, rondou a área do adversário, cruzou muito para a área, mas sem efetividade. Pouco produziu.

Jogadores das duas equipes reconheceram o desempenho ruim e falaram em fazer ajustes para a segunda etapa. De fato, houve mudanças, mas só no São Paulo.

Luciano entrou na vaga de André Anderson e foi decidido. De contrato recém-renovado, o atacante recebeu um passe magistral de Igor Gomes e bateu cruzado para marcar aos 11 minutos.

Ocorre que o Fortaleza, sobretudo nas finalizações. Yago Pikachu calibrou o pé e fez um golaço. Juninho Capixaba virou para o camisa 22, que acertou um lindo chute, de primeira, sem deixar a bola cair, e empatou a partida aos 23. Depois disso, mais nada de positivo aconteceu no Castelão.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir