Cidadeverde.com
Picos

Ministério Público recomenda Prefeitura de Picos recuperar 27 vias que apresentam buracos

Imprimir

Foto: Paula Monize/ Cidadeverde.com/picos

Promotora Micheline Serejo em entrevista ao Jornal de Picos

Diante dos buracos que tem invadido ruas e avenidas de Picos, o Ministério Público Estadual através da 1ª Promotoria de Justiça emitiu recomendação à Prefeitura Municipal para que a situação seja reparada.

O documento prevê que 27 vias sejam recuperadas, com o objetivo de melhorar a mobilidade urbana.

A promotora titular da 1ª Promotoria de Justiça, Micheline Serejo, em entrevista ao Jornal de Picos explicou sobre a recomendação e as ações que estão sendo feitas para sanar o problema da buraqueira.

“Estivemos hoje em reunião na Prefeitura para tratar esse assunto da recuperação das vias de Picos. O prefeito foi bastante compreensivo e percebemos que estão adotando as medidas para recuperação das vias, bem como vão me apresentar um cronograma. A Prefeitura nos repassou que possui um convênio com a Codevasf para execução do serviço de pavimentação e ainda estão em negociação para uma emenda parlamentar”, frisou a promotora.

Sobre as fiscalizações, Micheline Cerejo ainda explicou que o órgão está acompanhando a qualidade do serviço que está sendo realizado pela Prefeitura na operação tapa-buracos. 

“A gente percebe que após o serviço feito, na primeira chuva os buracos voltam a aparecer novamente. Então vamos fiscalizar a qualidade do serviço e também estamos pedindo a devida sinalização durante o andamento das obras, pois notamos que o trânsito fica complicado”, pontuou.

Buracos na Avenida Beira Rio

O procurador geral de Picos, Antônio Júnior, destacou que a Prefeitura já está adotando ações para recuperação das vias.

“O município já vinha realizando pavimentação poliédrica, porém esse ano tivemos um grande problema com as chuvas que se prolongaram mais. Nesta segunda-feira, o prefeito já começou o tapa-buracos na Avenida Getúlio Vargas e dentro do prazo estipulado pelo Ministério Público vamos cumprir aquelas enumeradas. Além disso, temos um convênio em andamento com a Codevasf que prevê 30 mil metros de pavimentação asfáltica”, enfatizou.

Operação tapa-buracos executada pela Prefeitura

A recomendação do Ministério Público estabelece que a Prefeitura apresente num prazo de dez dias o cronograma de recuperação das ruas. Além disso, a população que sofrer prejuízos físicos e patrimoniais poderá acionar o poder público municipal para ser indenizada.

Paula Monize 
[email protected]

Imprimir