Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-MG derrota Independiente del Valle e está nas oitavas da Libertadores

Imprimir

O Atlético-MG garantiu vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores, nesta quinta-feira, ao derrotar o Independiente de Valle, por 3 a 1, no Mineirão, em duelo válido pela quinta rodada do Grupo D. 

Foto - Atlético-MG - Divulgação

Hulk fez dois gols e Sávio, de forma espetacular, marcou o terceiro gol já nos acréscimos. 

Com o resultado, o Atlético-MG chega aos 11 pontos, contra oito do Tolima. O Independiente del Valle tem cinco e o América-MG apenas dois.

Na próxima rodada, quarta-feira, o Atlético-MG enfrenta o Tolima, no Mineirão, e um empate garante o time mineiro na primeira colocação da chave.

O Atlético-MG começou muito forte na marcação na saída de bola do Independiente e com rápida troca de passes. Com isso, não demorou para abrir o placar.

Aos nove minutos, Allan fez ótima assistência para Hulk, que, em alta velocidade, mostrou habilidade para tocar com classe e desviar do goleiro Ramírez.

Apesar da vantagem no placar, o time mineiro permaneceu da mesma forma. Hulk, lançado por Nacho, perdeu, aos 14 minutos a chance de aumentar a vantagem. No contra-ataque, Sornoza tocou para Bauman, que acertou a trave esquerda de Rafael.

A partir daí, o jogo ficou igual e aberto. As duas equipes se revezavam no ataque, com muito perigo. Ademir, duas vezes, e Nacho, duas oportunidades no mesmo lance, poderiam ter feito o segundo, mas Bauman e Billy Arce levaram perigo à meta atleticana.

O segundo tempo começou com o mesmo panorama. As duas equipes buscando o ataque, mas o Atlético-MG mais agudo. Arana e Nacho levaram perigo para Ramírez, mas foi Hulk o autor do segundo gol, aos 11 minutos.

Allan lançou, o atacante ganhou na corrida e deu um lindo toque por cima do goleiro.

Foi o décimo gol de Hulk em Libertadores pelo Atlético-MG. Ele está a um de igualar Jô, o maior artilheiro atleticano na principal competição sul-americana.

O Atlético-MG manteve o ritmo e poderia ter ampliado a vantagem no placar com Ademir e Guga. Já o Independiente não perdeu o entusiasmo e foi incomodar de novo o goleiro Rafael com Sornoza, em cobrança de escanteio, ao tentar o gol olímpico. 

Mas o gol equatoriano saiu aos 36, com Vargas, após bobeada de toda a zaga atleticana.

Os últimos minutos ganharam ainda mais intensidade. Renato Paiva fez quatro alterações no Independiente del Valle e colocou o time todo no ataque em busca do empate. Antonio Mohamed, por sua vez, reforçou a marcação atleticana.

E ainda havia tempo para o gol mais bonito da noite. Aos 50 minutos, Sávio, de 18 anos, recebeu pela direita e bateu de forma sensacional com a canhota para definir a vitória do Atlético-MG e vaga nas oitavas da Libertadores.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir