Cidadeverde.com
Esporte

Mbappé recusa Real Madrid e renovará com PSG, confirmam jornais da Europa

Imprimir

Kylian Mbappé decidiu ficar no Paris Saint-Germain e recusou a proposta feita pelo Real Madrid. Segundo o jornalista Fabrizio Romano, o atacante francês fez questão de ligar para o presidente do clube espanhol, Florentino Pérez, para informá-lo de sua decisão de permanecer na França para a próxima temporada. 

A informação também foi confirmada por outros jornais europeus, como o Sky Sports do jornalista Gianluca Di Marzio e o L'Equipe

Com contrato expirando agora no mês de junho, o jogador de 23 anos deverá estender seu vínculo com o PSG até 2025, por mais três anos. O clube preparou uma festa para celebrar o título francês na tarde deste sábado e o anúncio oficial da renovação deverá ocorrer durante as comemorações.

O jornal francês L’Equipe reportou que o novo contrato, no entanto, ainda não foi assinado. A proposta do Real Madrid no último ano pelo jogador foi recusada pelo próprio PSG, que resolveu correr os riscos de perdê-lo de graça ao fim desta temporada. A decisão, desta vez, partiu do jogador. 

Segundo o jornal Marca, esta teria sido a decisão mais difícil da vida da jovem estrela do futebol mundial.

Mbappé foi o grande destaque do PSG na atual temporada, apesar do fracasso do time na Liga dos Campeões. Atuando ao lado de Messi e Neymar, o francês se destacou ao anotar 36 gols e 26 assistências, somando todas as competições.

A disputa da Copa do Mundo no fim do ano teria pesado na decisão do jogador em permanecer em seu clube atual, já acharia que poderia ser culpado caso deixasse o país e a França perdesse o mundial. Com a renovação, o projeto do PSG deverá ser reconstruído em torno do atacante. 

A nova filosofia do clube, inclusive, é não insistir para manter jogadores insatisfeitos, como já foi feito anteriormente. Mbappé também passará a ter mais voz nas decisões esportivas do clube francês

Na última sexta-feira, o Paris confirmou que o atacante Angel Di María deixará o clube ao fim da temporada. Depois de sete anos no PSG, Di Maria será homenageado no jogo contra o Metz, confirmou o presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi. O argentino chegará a 295 jogos, com 91 gols e 11 assistências.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir