Cidadeverde.com
Esporte

Incrível derrota do Fluminense-PI para o Moto com 2 gols nos acréscimos

Imprimir

O técnico Marcelo Vilar mudou a formação do Fluminense para enfrentar o Moto Club em São Luís escalando Daciel, Maurício e Valdir logo de início. Estava reforçado o sistema defensivo e caberia a Valdir ser o companheiro de Mário Sérgio no ataque. 

Foto - Hiago.fotografia - Moto Club Oficial

Aos 38 minutos a dupla funcionou e o artilheiro perdeu boa oportunidade. A velha história de que “quem não faz, leva” aconteceu mais uma vez.

Um minuto depois Ronaldo Camarão marcou, fazendo 1 x 0 para o Moto. Para alguns, o gol foi contra.

Para o segundo tempo o time piauiense voltou a campo com Júnior Prego no lugar de Daciel. Aos 16 minutos Mário Sérgio, goleador do Brasil , aproveitou bola na área para empatar o jogo.

Novamente gol de Mário Sérgio com toque de categoria aos 33 minutos, fazendo 2 x 1 para o tricolor.

O jogo já estava nos acréscimos e a vitória piauiense parecia certa, mas aos 47 minutos Naílson empatou em 2 x 2 e aos 49 minutos Jair Alemão virou para 3 x 2. 

Vitória motense e uma incrível derrota do Fluminense na Série D do Campeonato Brasileiro. 

O tricolor perdeu a oportunidade de assumir a liderança do Grupo A2. Uma derrota mais do que lamentável. Uma derrota sofrida para quem estava com a vitória quase assegurada. 

O Fluminense jogou com Nícolas; Gean, Ramon, Michael e Tiaguinho; Sapé, Daciel (Júnior Prego), Maurício (Lucão) e Janeudo (Tarciso); Mário Sérgio e Valdir (Erivelton). Técnico – Marcelo Vilar.

O Moto Club lidera o Grupo A2 da Série D, agora com 12 pontos, ficando o Pacajus em segundo com 11. Fluminense, Castanhal e Tocantinópolis estão empatados com 9 pontos.

Próximo jogo do Fluminense: sábado (21) no Lindolfo Monteiro com o Pacajus do Ceará.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir