Cidadeverde.com
Economia

Governo Bolsonaro troca novamente presidente da Petrobras

Imprimir

José Mauro Coelho/foto: Jefferson Rudy / Agência Senado


O governo anunciou nesta segunda-feira (23) que decidiu trocar o presidente da Petrobras, pouco mais de um mês após a posse do executivo José Mauro Coelho.

Para o lugar dele, foi convidado Caio Mário Paes de Andrade —que atua como secretário especial do ministro Paulo Guedes (Economia).

Coelho passou a sofrer fritura no governo pouco depois de sua chegada, após a empresa anunciar um reajuste no preço do diesel (no começo de maio). O aumento do valor médio do diesel foi de 8,87% nas refinarias.

O aumento dos preços irritou o presidente Jair Bolsonaro (PL), que decidiu demitir o então ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque. Para seu lugar, foi escolhido Adolfo Sachsida —que também era secretário de Guedes.

Bolsonaro criticou neste mês tanto os reajustes da empresa como o lucro trimestral de R$ 44,5 bilhões da Petrobras, que chamou de "estupro". "Petrobras, estamos em guerra. Petrobras, não aumente mais o preço dos combustíveis. O lucro de vocês é um estupro, é um absurdo. Vocês não podem aumentar mais o preço do combustível", declarou o presidente, durante sua live semanal.

Fonte: Folhapress

Imprimir