Cidadeverde.com
Esporte

Centroavante Paulo Rangel se apresenta ao Altos, mas não participa de treino

Imprimir

O atacante Paulo Rangel, de 37 anos, chegou hoje (27) a capital Teresina. Das arquibancadas do CFAP o atleta observou o treino do Altos ao lado da diretoria do clube. Rangel chega para reforçar o setor ofensivo e tentar ajudar o Jacaré a escapar do rebaixamento dentro da Série C do Brasileiro. O centroavante não treinou hoje, mas já está regularizado e fica por opção do técnico Tonet relacionar ou não para o jogo de domingo (29) contra o Ypiranga-MT. 

“Primeiramente é um novo desafio e se trata de Série C que é um outro cenário, outra oportunidade e meu contrato estava acabando com a Tuna Luso, felizmente não conseguimos entrar na negociação para renovar e automaticamente apareceu a proposta do Altos. Então não pensei duas vezes. Sei que o momento a situação na tabela é complicado, mas vim motivado e sei que o grupo é muito forte, pois conheço alguns, já trabalhei com alguns”, contou Paulo Rangel, atacante do Altos. 

Paulo Rangel é natural de Belém-PA e tem passagens por vários clubes da região. Recentemente estava na Tuna Luso, disputando Série D do Brasileiro e tem passagens também pelo Paysandu, o atleta já atuou fora do país e chega como uma peça para fazer sombra ao atacante Betinho, único centroavante do Altos. 

“Foi uma detecção. A ideia era realmente não trazer mais ninguém, mas a gente conversou com a diretoria e com a comissão técnica e eu percebi a necessidade de mais um centroavante, pois temos apenas o Betinho, temos outros atletas que fazem essa função, mas que não é dá função e por isso a indicação do Paulo Rangel para quando o Betinho não estiver em condições para jogar a gente ter uma reposição a altura para substitui-lo”, explicou Fernando Tonet, técnico Altos. 

Ciente de que o time tem Betinho como referência e chega no clube em uma situação complicada, Rangel avalia de forma positiva a disputa por titularidade. “Mas isso daí é normal em grandes clubes. Ter dois, três bons jogadores por posição e isso é bom para o Altos. Só o Altos tem a ganhar com isso e agora é trabalhar diariamente só com um intuito que é ajudar a equipe do independente de quem jogue é buscar os objetivos”, afirmou Rangel. 

O Altos ainda realiza mais um treino amanhã (28) e depois disso o time concentra mirando a partida contra o Ypiranga-MT que acontece no domingo (29), às 15h, no Lindolfo Monteiro, em Teresina. 

 


Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir