Cidadeverde.com
Geral

Polícia inaugura nova sede da Depre e reforça estratégias de combate ao tráfico de drogas

Imprimir
  • nova_depre_2.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_3.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_4.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_5.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_6.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_7.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_8.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_9.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_11.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_10.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_12.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • nova_depre_13.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com

A Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) ganhou na manhã desta terça-feira (31) uma nova sede, localizada no Parque Ideal, zona Sudeste de Teresina. A solenidade inauguração contou com a presença de autoridades, como a governadora Regina Sousa (PT), o secretário de Segurança, coronel Rubens Pereira, e delegados da Polícia Civil do Piauí. 

Segundo o coordenador da Depre, delegado Everton Ferrer, a área onde a nova sede da unidade foi instalada é estratégica para combater o tráfico de drogas na capital.

“Temos aqui uma estrutura três vezes maior do que tínhamos anteriormente. Uma responsabilidade maior de prestar um grande serviço à população numa área estratégia que é a do Dirceu. Estamos atuando para ampliar cada vez mais o combate ao tráfico de drogas na cidade e nos bairros”, frisou o delegado Everton Ferrer.

O delegado pontuou também que as drogas mais comuns traficadas no Piauí têm sido a maconha, cocaína, a supermaconha, conhecida como skunk, e drogas sintéticas que permeiam as festas.

“Nas últimas apreensões já totalizamos mais de 300 kg de entorpecentes apreendidos. Essa quantidade já ultrapassa e muito o total de droga apreendida no ano passado. E trabalhamos em várias frentes. Não vamos cessar em nenhum momento”, acrescentou o delegado Everton Ferrer.

O secretário de Segurança do Estado do Piauí, Rubens Pereira, destacou sobre a importância de ter uma especializada no combate ao tráfico na região do Grande Dirceu. 

“Essa é a maior região urbana do Piauí do ponto de vista geográfico. Então, precisava desse equipamento, sobretudo com essa especialização de combate ao tráfico de entorpecentes”, frisou o secretário. 

Para dar suporte a ampliação da Depre e as delegacias no interior do estado, o secretário Rubens Pereira afirmou que mais de 170 agentes estão sendo formados na academia da Polícia Civil. 

“O curso deve encerrar no final do primeiro semestre e, no início do segundo, vamos apresentar uma proposta de nomeação ao Governo do Estado que será avaliada pela equipe econômica”, completou o secretário Rubens Pereira. 

Nova sede

Foram investidos na obra recursos próprios na ordem de R$ 327.226,24 para reforma e ampliação do prédio.

A reforma contemplou a recuperação de salas de contenção, gabinetes de delegados, alojamento, sala de agentes, cartório, depósito para drogas apreendidas, copa e área de convivência.

Para a governadora Regina Sousa, tem havido um processo de melhoria dentro da Segurança Pública do Piauí nos últimos anos e que se deve ao trabalho das equipes empenhadas que já passaram pelo setor. 

“Estamos agora nesse objetivo de reformar espaços e dar melhores condições de trabalho aos nossos policiais, e aqui é uma dessas delegacias que estão sendo inauguradas, mas têm outras unidades de segurança em reforma e até o fim do ano vamos entregá-las”, garantiu.

 

Flash Nataniel Lima
[email protected]

 

Imprimir