Cidadeverde.com
Esporte

Seleção sub-20 de Vôlei do Piauí conquista vaga inédita na primeira divisão Nacional

Imprimir

A seleção piauiense de voleibol sub-20 conquistou o acesso de divisão inédito para o estado do Piauí na categoria no último final de semana após três dias de competições no Distrito Federal. O Piauí fez bela campanha e em oito jogos até a final da competição foi derrotado apenas duas vezes. Com isso, inseriu o nome do estado de forma mais firme nas categorias de base.  Com a conquista do terceiro lugar, a seleção piauiense garantiu acesso à 1ª divisão da competição em 2023.

“Foi um feito através de muito trabalho, pois trabalhamos muito em busca de conseguir subir de divisão e conseguimos. Foram três dias de competições importantes, de conquistas importante e só não contávamos com tanto frio por lá, mas deu tudo certo. Agora não teremos mais calendário dos atletas com a seleção e eles estão disponíveis para jogar pelos seus clubes, mas pedimos para os técnicos fazerem um bom trabalho com suas bases, pois assim como é difícil subir de divisão é mais difícil ainda se manter”, frisou o técnico Antônio Macedo. 

A seleção de vôlei do Piauí, no naipe masculino, conseguiu a classificação para as fases finais em cima da seleção do Sergipe. Mas enfrentou várias outras seleções no decorrer da campanha e de oito jogos, venceu seis. 

A conquista tem maior peso pela pouca visibilidade que tem a modalidade no estado e pelo processo de reconstrução que vive em especial após o retomada das atividades esportivas devido a pandemia. O voleibol do estado do Piauí é uma das modalidades coletivas que mais sofrem com estrutura, calendário, suporte financeiro e por consequencia dificuldade de atrair novos atletas. E por isso, essa conquista da categoria de base ganha maior importância, pois mostra um cenário com propecção de talentos e médio prazo. 

No naipe feminino, o estado também teve representante e as atletas do feminino categoria sub-19 chegaram até semifinal da competição por seleções e terminaram os três dias de torneio na quarta colocação geral. 

Entre os destaques do Piauí está o atleta Ian “Capetinha”, mas o elenco também contou com nomes que são filiados ao Piauí, porém nascidos em outros estados. O ponteiro oposto Matheus, de Tutoia e Marcoles, que joga no Sesc-SP natural de Timon, mas filiado ao estado. 

“Nos sempre trabalhamos no intuído de dizer que somos capazes, independente de termos jogadores fora do estado ou não, mas nos preparamos muitíssimo bem para chegar lá prontos”, acrescentou o técnico da seleção piauiense, Antônio.
 
Confira a campanha na fase classificatória: 

Piauí 2 x 1 Rondônia
Piauí 2 x 1 Acre
Piauí 2 x 1 Amapá 
Piauí 3 x 0 Tocantins
Piauí 3 x 0 Sergipe
Piauí 0 x 3 Espirito Santo
Semifinal: Piauí 0 x 3 Rondônia
Final: Piauí 3 x 2 Amapá 

Os atletas de seleção piauiense de vôlei sub20 não terão mais compromissos com a seleção nesta temporada, mas seguem cumprindo calendário com seus clubes estaduais. 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir