Cidadeverde.com
Cidades

SAF libera recursos para infraestrutura de zonas rurais de cinco municípios do Piauí

Imprimir

A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) autorizou, nessa quarta-feira (1º), a liberação de recursos, convênios e ordens de serviço que beneficiam as zonas rurais de cinco municípios do Piauí: Jatobá, Novo Santo Antônio, Batalha, Alagoinha e São João do Arraial. A solenidade de assinatura foi realizada na sede da SAF e contou com a presença de representantes dos municípios contemplados.

Foram assinadas as Ordens de Serviço para a construção de 22 pequenos açudes em diversas localidades da zona rural do município de Jatobá, com investimento de R$ 97.528,86; para a construção de 27 pequenos açudes em diversas localidades da zona rural do município de Novo Santo Antônio, com investimento de R$ 98.065,64; bem como para a implantação de 7.944 metros quadrados de pavimentação em paralelepípedo no povoado Serra de Dentro, na zona rural do município de Batalha, com investimento de R$ 896.169,40.

Além disso, foram assinados convênios de apoio financeiro para a recuperação e manutenção de 24,85 quilômetros de estradas vicinais, de trecho que liga o município de Alagoinha a São Julião, com investimento de R$ 729.862,31 e outro para a prestação de serviços de georreferenciamento de imóveis rurais de associações beneficiárias do Programa Nacional de Crédito Fundiário, no município de São João do Arraial, com investimento de R$ 40.000,00.

De acordo com a secretária da Agricultura Familiar, Patrícia Vasconcelos, são ações que melhoram a qualidade de vida da população do campo, favorecem o escoamento da produção da agricultura familiar e garantem mais dignidade.

“A recuperação de estradas vicinais cria condições de deslocamento da população rural, escoamento da produção da agricultura familiar, que é uma das principais fontes de renda das comunidades. Além disso, estamos assinando a construção de açudes, pavimentação e serviços de georreferenciamento, que é a definição da forma, dimensão e localização, por meio de métodos de levantamento topográfico que vai tornar as coordenadas geográficas dos imóveis rurais”, explica.

 

Da Redação 
[email protected] 

 

Imprimir