Cidadeverde.com
Esporte

Inglaterra melhora na reta final e busca empate contra a Alemanha na Liga das Nações

Imprimir

A seleção inglesa superou vinte minutos de atuação ruim no segundo tempo contra a Alemanha e reencontrou forças para buscar o empate por 1 a 1 na Allianz Arena, em Munique, nesta terça-feira (7).

Em jogo válido pela segunda rodada dos grupos da Liga das Nações, Hofmann abriu o placar, e Harry Kane empatou de pênalti nos minutos finais.

O empate mantém as duas seleções em alerta no grupo 3, após dois tropeços em duas rodadas. A Alemanha é a terceira do grupo com dois pontos, enquanto a Inglaterra é lanterna com apenas um. 

Ambas as seleções voltam a campo às 15h45 (de Brasília) deste sábado (11), novamente pela Liga das Nações: os alemães visitam a Hungria, enquanto os ingleses recebem a Itália.

O jogo começou animado, e Thomas Muller teria aberto o placar já aos dois minutos se Walker não tivesse desviado na hora certa, na pequena área, após escanteio.

O mesmo Muller chegou a balançar as redes minutos depois, mas o jogo já estava paralisado para atendimento médico a Kalvin Phillips -que acabou substituído. 

Pouco depois de uma boa defesa de Pickford aos 16, Hofmann correu atrás de um lançamento e chegou a fazer o gol, mas o lance foi anulado por impedimento.

A Inglaterra esteve para abrir o placar aos 25 minutos, quando Neuer soltou a bola após disputa aérea com Maguire. A sobra ficou limpa para Harry Kane, que chutou por cima.

O jogo cheio de alternativas ainda teve mais duas boas chances, uma para cada lado, pouco antes do intervalo. E Kane perderia outro gol já no segundo tempo, após receber cruzamento da direita em velocidade e parar em grande defesa do goleiro alemão.

O gol que o clássico tanto merecia saiu no quinto minuto da etapa final. Kimmich recebeu com liberdade na intermediária e tocou de primeira para Hofmann dominar, girar e colocar a Alemanha na frente. 

A seleção tetracampeã mundial teve vinte minutos de superioridade a partir daí, teve a bola e empurrou os ingleses, mas não conseguiu ampliar. Quando a Inglaterra se reencontrou, voltou a obrigar Neuer a fazer boas defesas: primeiro em chute de Mount, depois uma intervenção cara a cara com Kane.

Pressionada pelo placar, a Inglaterra mudou de postura na metade do segundo tempo e foi para cima. Com Grealish e Bowen em campo, ganhou velocidade e permitiu que o jogo ficasse lá e cá.

A ousadia na reta final rendeu frutos: Harry Kane se redimiu dos gols perdidos ao sofrer pênalti de Schlotterbeck e converter deslocando Neuer. O gol de empate foi o 50º gol pela seleção. 

Os ingleses se animaram e ainda tentaram mais alguns ataques na tentativa de virar, mas o placar ficou nisso.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir