Cidadeverde.com
Cidades

Pai denuncia demora de mais de 8h para filho receber atendimento em hospital de Teresina

Imprimir

Fotos: Mauro Célio

Um leitor do Cidadeverde.com denunciou nesta quarta-feira (8) que ficou mais de 8h esperando atendimento no Hospital Municipal da Criança, localizado no Parque Piauí, na zona Sul de Teresina.

O motorista Mauro Célio, de 30 anos, informou que o filho João Miguel, de 5 anos, está com febre e a garganta inflamada. Ele deixou a esposa às 9h no Hospital Municipal da Criança para que recebesse atendimento. Ele encerrou o serviço por volta das 13h30 e foi para o hospital, onde a criança ainda não tinha sido atendida.

Ele entrou em contato com o Cidadeverde.com por volta das 15h30, diante da demora no atendimento. “Já é quase 16h e ainda não fomos atendidos. Nos disseram que só tem uma médica atendendo. Minha esposa foi perguntar quantas pessoas estão na nossa frente, ainda tem 17 pessoas”, disse Mauro Célio.

A demora causou a revolta em muitos pais que esperavam por um rápido atendimento. "Muitos aqui estão reclamando, pois estão procurando atendimento, com os filhos doentes e sem ajuda, apenas uma médica. O meu filho com febre, com dor e sem ajuda", lamentou Mauro.

Até o fechamento dessa matéria, às 17h, a criança não tinha sido atendida.

FMS se manifesta

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) negou que o local esteja com apenas uma médica, e informou que existem três médicos pediatras fazendo o atendimento no Hospital Municipal da Criança. 

Informou ainda que o atendimento não é feito por ordem de chegada, pois como é um hospital de urgência, o atendimento é feito com base no risco do paciente.

Nota na íntegra

A diretoria do Hospital Municipal da Criança disse que a denúncia não procede. Três pediatras trabalham em cada turno e todos os pacientes são atendidos porque o hospital funciona 24 horas.

O setor de urgência do hospital segue a classificação de risco do Ministério da Saúde e os atendimentos não são feitos pela ordem de chegada e sim pelo risco do paciente. Ou seja, será atendido primeiro quem corre risco de vida. O paciente J.M,5 anos chegou à urgência do HMC   às 15h52 como consta no sistema de atendimento. Até momento 150 crianças foram atendidas hoje no Hospital Municipal da Criança.

 

Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir