Cidadeverde.com
Esporte

Athletico-PR vira sobre o Juventude e assume a vice-liderança do Brasileirão

Imprimir

Em uma noite com muita confusão entre torcedores antes de a bola rolar, o Athletico-PR visitou o Juventude nesta quarta-feira e venceu, por 3 a 1, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. 

Torcedores dos dois times brigaram nas imediações do estádio com pedaços de madeira, rojões e outras armas brancas. Segundo informações da Polícia Militar, quatro foram presos e dois feridos foram encaminhados para Unidades de Saúde da cidade. A torcida visitante foi proibida de assistir o jogo.

Com a vitória, o Athletico-PR chegou a quatro jogos de invencibilidade - três triunfos e um empate - e assumiu provisoriamente a vice-liderança, com 16 pontos. Enquanto o Juventude não conseguiu escapar da zona de rebaixamento e aparece em 18º, com dez.

Com bola rolando, o Juventude dominou o primeiro tempo e conseguiu transformar o desempenho em vitória parcial antes do intervalo. Numa das boas oportunidades criadas, aos 13 minutos, Yuri Lima finalizou de fora da área, o goleiro Bento desviou e a bola estourou no travessão.

Apesar da pressão, o Juventude só conseguiu abrir o placar aos 37, quando Moraes cobrou lateral na área, a defesa não afastou e o volante Jadson finalizou cruzado, rasteiro, sem chances de defesa. Em desvantagem, o Athletico-PR melhorou e empatou aos 47, com Pablo finalizando na saída de César.

No segundo tempo, os times voltaram em um ritmo mais forte. Logo aos seis minutos, Vitor Gabriel ficou com sobra dentro da área e, sem goleiro, chutou em cima do zagueiro Nicolás Hernández. Já o Athletico-PR respondeu aos 17 com gol de Terans, mandando às redes após passe de Léo Cittadini.

Em desvantagem, o Juventude não teve alternativa, senão ir ao ataque em busca do empate. As chances apareceram, mas o time seguiu não concluindo com eficiência. Aos 36 minutos, Rômulo cruzou na área e Moraes, nas costas da marcação, cabeceou pela linha de fundo, perdendo ótima chance.

Antes do apito final, contudo, foi o Athletico-PR que voltou a marcar. Aos 50, após contra-ataque, Marcelo Cirino tocou para Pablo e o atacante deixou Vitor Bueno na boa para apenas empurrar para as redes, dando números finais ao confronto.

O Juventude volta a campo no sábado para enfrentar o Corinthians, às 16h30, na Neo Química Arena, em São Paulo. Já o Athletico-PR jogará no domingo, quando visitará o Fortaleza, às 19 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir