Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo anuncia a demissão do técnico português Paulo Sousa e de sua comissão

Imprimir

Com horas de atraso, a diretoria do Flamengo oficializou a saída do técnico português Paulo Sousa. Sem clima com a torcida faz algum tempo, o técnico foi comunicado que não faz parte dos planos somente após dirigir o treino desta quinta-feira à tarde, em Atibaia.

Foto - Alexandre Vidal - Flamengo

"O Clube de Regatas do Flamengo informa que o treinador Paulo Sousa e sua comissão técnica não comandam mais o time profissional. A atividade da próxima sexta-feira (10) será dirigida por Mario Jorge, técnico do sub-20", afirmou o clube, já no começo da noite.

Paulo Sousa dirigiu o clube em somente 32 partidas. Mas somou um desempenho bom, com 19 vitórias, sete empates e somente seis derrotas, um impressionante aproveitamento de 67%. O problema foi não conseguir fazer o time jogar bola.

A gota d'água foi a derrota para o Red Bull Bragantino, por 1 a 0, nesta quarta-feira. Mas o revés do fim de semana, por 2 a 1, diante do Fortaleza, no Maracanã, já deixou a situação insustentável.

Ele vinha sendo cobrado desde a perda da decisão carioca para o Fluminense. Como não conseguiria achar um substituto rapidamente, os dirigentes deram mais um jogo ao português, que não conseguiu fazer o Flamengo reagir em Bragança Paulista.

Pelo rompimento do contrato com somente cinco meses de trabalho, Paulo Sousa deve embolsar uma multa rescisória de R$ 7,7 milhões, referentes aos salários que teria a receber até dezembro deste ano. O vínculo com o clube iria até o fim de 2023

Treinador interino nesta sexta-feira, Mario Jorge, do sub-20, também deve comandar o time diante do Internacional, no sábado, às 21 horas, no Beira-Rio. 

O clube tem conversas adiantadas com Dorival Jr., do Ceará, e deve anunciá-lo somente após a próxima rodada. Para isso, vai pagar R$ 450 mil de multa ao clube cearense. O vínculo seria de seis meses.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir