Cidadeverde.com
Últimas

Sem vagas na zona Sudeste, prefeitura avalia construção de novo cemitério público

Imprimir

O único cemitério público da zona Sudeste de Teresina, localizado no bairro Renascença, não possui nenhuma vaga disponível para novos jazigos. A estrutura, em funcionamento há mais de 30 anos, possui aproximadamente 40 mil sepulturas, 30 mil não perpetuadas e 10 mil perpetuadas.

Sem novas vagas, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Sudeste tem realizado o encaminhamento para cemitérios de outras regiões. “Estamos levando para o Promorar, Santa Maria da Codipi ou Pedra Mole”, informou o superintendente Zé Nito.

Por conta da situação, a gestão municipal avalia a aquisição de imóveis para viabilizar a construção de novos cemitérios na região. A intenção é oferecer pelo menos 40 mil novas vagas.

“O prefeito visitou algumas dessas áreas na região do Recanto dos Pássaros, Taboca do Pau Ferrado, Deus Quer e Jardim Europa. Na próxima semana vamos marcar uma audiência para visitar outras duas. Com certeza vamos solucionar esse problema”, garantiu o superintendente.

A situação é semelhante a da zona Norte, onde existem menos de 450 vagas disponíveis nos quatro cemitérios públicos da região. A previsão é que a demanda seja solucionada com a inauguração de um novo cemitério com uma capacidade dez vezes maior que o número de vagas atualmente disponíveis

O Cemitério Camboa, localizado no Jacinta Andrade, deve ser entregue no próximo mês de agosto, durante as comemorações do aniversário da capital. “É um terreno completo e com capacidade de expansão. Podemos ter novas fases para tornar este o maior cemitério da cidade”, disse Daniel Carvalho, superintendente da SAAD Norte.

Foto: Arquivo/ Cidadeverde.com

Da Redação
[email protected]

Imprimir