Cidadeverde.com
Esporte

França empata na Áustria, não ganha há 3 jogos e se complica na Liga das Nações

Imprimir

Não está sendo nada fácil a vida da França na atual edição da Liga das Nações. Defendendo o título, os comandados de Didier Deschamps suaram para escapar da derrota diante da Áustria, ao empatar com Mbappé nos minutos finais, por 1 a 1, em Viena. 

Os franceses viram o turno sem vitórias nos três jogos disputados e amargando a lanterna do Grupo A.

Com dois pontos, a situação da França só não é pior porque a Croácia fez 1 a 0 na líder Dinamarca, fora de casa, deixando a disputa em aberto. Os nórdicos somam seis pontos, contra quatro de croatas e austríacos.

Usando a Liga das Nações como um laboratório para avaliar novas opções para a escalação da seleção na Copa do Mundo do Catar, e também um novo esquema, o técnico Didier Deschamps mais uma vez abriu mão de utilizar o astro Mbappé, na reserva diante dos austríacos. Entrou apenas no fim e quase vira a partida.

Com um 4-2-3-1, a ideia era ver como os franceses conseguiriam se portar com novos defensores e como iriam municiar o artilheiro Benzema, na frente.

O goleador do Real Madrid até recebeu algumas bolas e finalizou. Mas nada que ameaçasse o gol dos donos da casa em Viena no primeiro tempo.

Quem deu mais sorte foram os donos da casa, que abriram o marcador com Weimann, aos 36 minutos. Roubada de bola no meio, Arnautovic recebeu e rolou para Lainer cruzar para o livre atacante garantir a festa vermelha nas lotadas arquibancadas.

A França iniciou o segundo tempo dominando o campo ofensivo. Benzema ficou no quase. Assim como Coman, que parou no goleiro Pentz depois jogou chance preciosa para o alto. Driblou o zagueiro e não caprichou.

Com somente 10 minutos na segunda etapa, foram quatro chances de os franceses igualarem o marcador. Pentz salvava os austríacos, apenas tentando segurar o resultado e quase não passando do meio campo.

Aos 17 minutos, Deschamps se rendeu a Mbappé. Entrou na vaga de Griezmann, mais uma vez com atuação abaixo do esperado, para tentar evitar novo vexame da atual campeã mundial e da Liga das Nações.

Furar o paredão defensivo, contudo, não estava nada fácil. Mbappé tentava de todas as formas, mas não completava os passes, nem os dribles. Sempre aparecia alguém para desviar no caminho.

Até um erro no ataque custar caro aos donos na casa. Deram um contra-ataque raro e foram castigados. Konaté roubou e deu para Nkunku lançar Mbappé, que arrancou e bateu de esquerda, no ângulo, aos 37. Foi seu 27° gol na seleção em 56 partidas. 

O astro teve outra bela chance de virar aos 41. Cara a cara, bateu em cima de Pentz, que desviou para o travessão. Os austríacos se fecharam atrás e festejaram a igualdade com a favorita.

Na segunda-feira, a França terá nova chance de desencantar em mais uma reedição da final da Copa do Mundo, quando hospeda a Croácia. A Áustria visita a Dinamarca no mesmo dia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir