Cidadeverde.com
Últimas

IBGE inicia operações do Censo com pesquisa sobre infraestrutura urbana

Imprimir

Foto: Divulgação/Ascom IBGE 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia nesta segunda-feira (20) a Pesquisa Urbanística do Entornos dos Domicílios com o objetivo de registrar informações sobre a infraestrutura urbana de todos os municípios do país.

A pesquisa marca o íncio das operações de campo do Censo Demográfico e até o dia 12 de julho, agentes censitários estarão nas ruas para coletar dados sobre temas como acessibilidade, arborização e presença de equipamentos públicos.

Segundo o IBGE, através da Pesquisa do Entorno, é feito o reconhecimento dos locais onde os recenseadores irão passar durante a coleta domiciliar do Censo Demográfico e dez quesitos serão investigados, sendo os três últimos temas pesquisados de forma inédita.

  • capacidade de circulação da via;
  • existência de pavimentação;
  • existência de bueiro ou boca de lobo;
  • existência de iluminação pública;
  • existência de calçada;
  • existência de rampa para cadeirante;
  • arborização;
  • existência de ponto de ônibus ou van;
  • existência de sinalização para bicicletas;
  • presença de obstáculos na calçada.

“Assim, os agentes censitários – que supervisionam diretamente o trabalho dos recenseadores – conhecem a realidade de campo e podem prever e buscar soluções para eventuais dificuldades”, explica.

No Piauí, mais de 3,6 mil setores censitários serão percorridos nos 224 municípios. Em todo o país, serão 325 mil setores nos 5.570 municípios.

Ainda de acordo com o IBGE, durante a realização da Pesquisa do Entorno, não ocorrem entrevistas com moradores. O trabalho é executado exclusivamente por meio de observação em campo e registro das informações em formulário digital.

“Os agentes censitários podem ser reconhecidos por utilizarem colete, boné e crachá com a logo do IBGE”, informa o Instituto.

Além de ser atividade preparativa para o Censo, os dados obtidos com o levantamento são úteis para a elaboração de diversas políticas públicas. As informações podem ser utilizadas nas três esferas de governo para o desenvolvimento de projetos que melhorem o saneamento básico, a mobilidade urbana, a inclusão social e a segurança pública, por exemplo.

Os recenseadores do IBGE visitarão todos os domicílios do país a partir de 1º de agosto. No Piauí, mais de 3 mil pessoas farão parte da força de trabalho diretamente envolvida com a operação censitária. Cerca de 900 mil domicílios serão visitados em todo o estado.

Com o trabalho de reconhecimento do território realizado na Pesquisa do Entorno, os recenseadores terão subsídios atualizados para garantir melhor cobertura na coleta do Censo.

 

Da Redação (Com informações do IBGE) 
[email protected]

 

Imprimir