Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-MG faz proposta por Pedrinho e aguarda por definição do Shakhtar

Imprimir

O meia Pedrinho, de 24 anos, é novo alvo do Atlético-MG para o segundo semestre. O jogador revelado pelo Corinthians está no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, já tem as bases salariais acertadas com o clube mineiro e depende apenas da liberação dos europeus para retornar ao futebol brasileiro.

Neste momento, o impasse está no valor que o Galo teria de pagar para comprar Pedrinho, após o período de empréstimo, já que o desejo do Shakhtar é receber de volta os 18 milhões de euros (cerca de R$ 97 milhões) que pegou ao Benfica, no meio do ano passado, pela aquisição do meia brasileiro.

Já o Atlético deseja um valor menor, caso exerça a opção de compra após o empréstimo por um ano, portanto até junho de 2023.

Como Pedrinho já acertou os salários com o Atlético, a diretoria alvinegra se mostra bastante confiante em concretizar a contratação de mais um reforço para o segundo semestre.

Até o momento, o clube mineiro já acertou com o zagueiro Jemerson e com o atacante Pavón, além de ter acordo encaminhado com o também atacante Alan Kardec.

Pedrinho não atua pelo Shakhtar desde dezembro e não tem uma data para voltar a jogar por lá, já que a guerra entre Ucrânia e Rússia continua e parece longe de um final.

Tanto que nessa terça-feira a Fifa soltou uma determinação que facilita a saída de jogadores estrangeiros que atuam nos dois países, já que os atletas podem suspender os respectivos contratos até junho do ano que vem.

Revelado pelo Corinthians, Pedrinho atuou pelo Timão entre 2017 e 2020, período em que conquistou um Campeonato Brasileiro e três vezes o Campeonato Paulista.

Em meados de 2020, o meia foi negociado com o Benfica, por 20 milhões de euros (R$ 105 milhões na cotação da época), mas a passagem por Portugal durou somente um ano. 

Em junho do ano passado, Pedrinho trocou o Benfica pelo Shakhtar, numa negociação de 18 milhões de euros (R$ 110 milhões na cotação dá época).

Natural de Maceió, Pedrinho mantém a forma física no Centro de Treinamento do CSA. Sem jogar desde o final do ano passado, o brasileiro deu uma entrevista recente à TV Gazeta, revelando que seu desejo é acertar logo com algum outro clube. 

"Estou com a cabeça bem tranquila. Para onde quer que vá, só quero jogar o meu futebol, mostrar o meu talento, seja na Europa ou no Brasil. Todos os jogadores sonham, em estar na Europa, mas não teria qualquer problema em ficar no Brasil".

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir