Cidadeverde.com
Últimas

Recenseadores do IBGE tem equipamentos roubados durante trabalho na zona Leste

Imprimir

Recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tiveram os aparelhos eletrônicos roubados na manhã desta quarta-feira (22), em um assalto na Vila Firmino Filho, região do bairro Morros, zona Leste de Teresina.

A equipe realizava os trabalhos de pesquisa do Censo Demográfico 2022 na região, quando foram abordadas por dois homens em uma motocicleta que anunciaram o roubo.

“Dois sujeitos de moto abordaram a gente, levaram o tablet do IBGE e levaram também o meu celular que eu levei porque a gente estava perdido, por isso que eu usei o celular. Eu tinha até o escondido o celular na meia, mas tinha tirado a pouco tempo e nesse intervalo eles abordaram a gente, mandaram a gente deitar no chão e empunharam a arma pra gente”, disse a agente censitária, Andreia Almeida.

Andreia Almeida acrescentou ainda que foi alertada pelos moradores da região sobre os riscos de assaltos, e que por isso, havia solicitado apoio do seu supervisor, que também teve seu relógio roubado na ação criminosa.

Os recenseadores se dirigiram ao 11º DP onde registraram boletim de ocorrência. À reportagem, os investigadores da unidade informaram que roubos cometidos por duplas em motocicletas são corriqueiros na região.  

“Fica complicado da gente trabalhar, eu acho que a gente tem que rever a logística porque 12 anos se passaram do Censo de 2010 para cá e muita coisa mudou, as coisas ficaram perigosas, e a gente tem que rever se consegue um apoio da polícia, da Guarda Municipal, para gente poder realizar essa pesquisa”, ressaltou a agente censitária.

Em nota, o IBGE lamentou o ocorrido e informou que procura meios de prevenir e minimizar eventuais problemas de segurança.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lamenta o ocorrido na manhã desta quarta-feira (22), quando servidores do órgão foram assaltados durante coleta de dados para a Pesquisa Urbanística do Entorno dos Domicílios na região da Vila Firmino Filho, em Teresina.

O IBGE informa que, ciente dos riscos inerentes ao trabalho de coleta de dados em campo, procura meios de prevenir e minimizar eventuais problemas de segurança.

O Instituto informa, ainda, que prestará apoio solidário e necessário aos técnicos, bem como reforçará as providências de segurança junto às autoridades.

Quanto aos dados coletados nos Dispositivos Móveis de Coleta (DMCs), que são criptografados, o IBGE garante a total integridade e sigilo por meio de procedimentos adotados para impossibilitar a utilização dos equipamentos por pessoas externas ao órgão.

 

Rebeca Lima e Tiago Melo 
[email protected] 

Imprimir