Cidadeverde.com
Esporte

Gabigol marca, Marinho desencanta e Fla bate América-MG no Brasileirão

Imprimir

Dorival Júnior fez jus ao tabu, quebrou a sina e voltou a vencer no comando do Flamengo. Na noite deste sábado (25), o Rubro-Negro bateu o América-MG, no Maracanã, por 3 a 0, pela 14ª rodada do Brasileirão. 

Foto - Gilvan de Souza / CRF

O placar, que faz o clube carioca se afastar do Z-4 e dar um salto momentâneo na tabela, foi construído com gols de Gabi, Arrascaeta e Marinho. Personagem do jogo, o camisa 9 abriu o placar, perdeu pênalti e foi alvo da torcida.

A equipe da casa conquistou um resultado positivo após duas derrotas consecutivas, ambas para o Atlético-MG, pela Copa do Brasil e Pelo Brasileirão. A última vitória havia sido justamente no Maracanã e o resultado de hoje afasta um pouco a pressão.

Com o triunfo, o Fla chegou a 18 pontos e pulou - momentaneamente - para a parte de cima da tabela, enquanto os comandados de Vagner Mancini permanecem com 15 e perto da degola.

O Flamengo vira a chave e foca na Libertadores. 

A primeira partida das oitavas de final contra o Tolima acontece na quarta (29), na Colômbia. O América-MG, por sua vez, tem a atenção na Copa do Brasil, contra o Botafogo, na quinta (30).

A escalação do Flamengo foi marcada por um quarto defensivo inédito: Santos, Rodinei, Léo, Gustavo e Ayrton, e um ataque formado por Arrascaeta, Gabi e Pedro. 

A equipe teve o domínio do primeiro tempo, apesar de ter demorado a entrar no jogo. A partir da metade, perto dos 20 minutos, o Fla começou a pressionar e chegou a finalizar seis vezes em doze minutos. Somente aos 40 minutos, Gabi abriu o placar para o Flamengo.

O técnico Vagner Mancini optou por uma escalação diferente dos últimos jogos e contou inclusive com o retorno do goleiro Matheus Cavichioli, que fez o primeiro jogo na temporada. 

O América entrou em campo em um 4-3-3, com a estratégia de marcar a saída de bola para forçar erros do Fla. Funcionou até os 20 minutos, depois, a equipe mineira sofreu pressão até o fim do primeiro tempo, quando o Fla abriu o placar.

No segundo tempo, o Flamengo voltou mais agitado e teve algumas oportunidades no início da partida. O pênalti perdido por Gabi não abalou a equipe, que continuou controlando o jogo. 

Com algumas chances desperdiçadas, o Rubro-Negro ainda conseguiu mais dois gols no segundo tempo.

O América-MG fez algumas alterações no início do segundo tempo para tentar mudar o jogo, no entanto, não surtiu efeito. O time ainda deu espaço para os contra-ataques do Fla, não à toa, teve perigo em diversos momentos.

No último lance do jogo, Lucas Kal saiu de campo na maca após um choque com o Pedro. O jogador caiu de costas no chão e, segundo o médico, que avaliou rapidamente, um trauma na costela do lado esquerdo.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir