Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-MG bate o Juventude e assume vice-liderança provisória da Série A

Imprimir

Com jogadores preservados devido ao compromisso pela Libertadores na próxima terça-feira (5), o Atlético-MG fez seu papel na caça ao líder Palmeiras e venceu o Juventude, por 2 a 1, neste sábado (2), pela 16ª rodada do Brasileirão, no Alfredo Jaconi. 

Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

Hulk e Sasha marcaram os gols do Galo, que chegou à terceira vitória seguida no campeonato pela primeira vez. O Juventude, por outro lado, não vence há sete jogos.

Com o resultado, o Atlético chegou aos 27 pontos e é o vice-líder da competição. No entanto, o Galo pode perder a posição dependendo da combinação de resultados do Athletico-PR, que enfrenta o Palmeiras, hoje, às 21h (de Brasília), e do Internacional, que joga contra o Ceará, às 19h.

O Atlético volta a campo na próxima terça-feira (5), pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, contra o Emelec, às 19h15, no Mineirão. Já o Juventude enfrenta o Coritiba, no próximo domingo (10), às 11h, no Couto Pereira.

O primeiro tempo foi de muita circulação, troca de passes, mas sem finalizações que exigissem grandes defesas dos goleiros.

Aos 27 minutos, Igor Rabelo lançou Ademir, do campo de defesa, e o atacante partiu na velocidade pelo corredor direito até ser derrubado na área por Willian Matheus. Hulk bateu e marcou. Aos 33, Capixaba recebeu o cruzamento rasteiro, mas bateu por cima do gol defendido por Everson.

Turco voltou sem Ademir e com o volante Otávio, enquanto o técnico Umberto Louzer sacou Willian Matheus para preservá-lo. Aos 4 minutos, Sasha finalizou para defesa de César após boa jogada de Hulk. 

O Atlético seguiu em cima e aumentou a vantagem com Sasha aos 10, após bela arrancada de Hulk. Ele tocou para Vargas, que escorou para Sasha finalizar frente à frente com César.

Após o segundo gol do Atlético, o jogo caminhava para seguir sem fortes emoções. No entanto, Moraes resolveu apimentar a partida.

O jogador arriscou de fora da área, Réver tentou tirar e mandou para o fundo das redes aos 31 minutos, diminuindo o placar e inflamando a torcida no Alfredo Jaconi. Sem nada a perder, o time se lançou mais ao ataque, mas sem força o suficiente para buscar o empate.

A partida contra o Juventude marcou a estreia da camisa do Atlético fabricada pela Adidas. O Galo jogou com o segundo uniforme, de cor branca. No primeiro dia de vendas, na sexta-feira (1), o clube vendeu mais de 13 mil camisas.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir