Cidadeverde.com
Esporte

Campeonatos nacionais atraem mais dinheiro para os clubes

Imprimir

No mês passado a CBF realizou reunião com os representantes dos clubes da Série C do Campeonato Brasileiro, oportunidade em que decidiu reforçar o apoio financeiro para os 20 participantes com mais 400 mil reais de cota.

Foto - FFP - Divulgação

Assim, a Série C fica a cada ano mais atraente e aumenta a disputa por uma vaga. Quem está lá faz o possível para permanecer e a luta por promoção vai aumentando entre os integrantes da Série D. 

No momento o futebol piauiense conta com a Associação Esportiva de Altos no grupo dos 20.

E a propósito de Série D, a CBF reuniu presidentes de federações e anunciou reforço nas cotas dos 64 clubes, com mais 120 mil reais. O campeão vai ter uma premiação de 500 mil e o vice-campeão receberá 300 mil reais. 

A entidade ainda é responsável pela cobertura das despesas com viagens, hospedagens, alimentação, arbitragens. Fluminense e 4 de Julho são os representantes piauienses na atual temporada. O Presidente Robert Brow, da FFP, participou da reunião na CBF(foto).

A Copa do Brasil é  competição mais rentável. As cotas são elevadas e as premiações bem gordas chamam a atenção.

O que está faltando nas Séries C e D do Campeonato Brasileiro é mais empenho dos clubes e das federações na busca do torcedor.

Precisamos de mais público nos estádios, inclusive para que os seus participantes tenham uma boa receita de bilheteria. Um jogo interestadual com público abaixo de 150 torcedores é inaceitável.

Também consideramos importante que os campeonatos estaduais não sejam abandonados. Torná-los mais interessantes é mais uma tarefa para as federações e clubes.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir