Cidadeverde.com
Geral

Nova empresa assume retomada das obras da Ponte da UFPI em Teresina

Imprimir

Fotos: Ascom/PMT

Uma nova empresa assumiu a construção da ponte João Claudino Fernandes, mais conhecida como Ponte da UFPI, que vai ligar a zona Norte e Leste de Teresina, informou nesta quinta-feira (7) a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Norte (Saad Norte).

A obra está com cerca de 17% dos serviços executados, e está orçada no valor de R$ 41.431.514,19 milhões, com recursos oriundos da Caixa Econômica Federal.

O superintendente da Saad Norte, Daniel Carvalho, informou que a empresa que havia vencido a licitação para a realização dos serviços, solicitou o destrato, afirmando que não tinha capacidade de continuar com os serviços após ser afetada com a pandemia do novo coronavírus.

Por isso, foi necessária uma nova licitação, e no dia 4 de julho, foi assinado o Termo de Homologação para que o Consórcio Construtor Teresina assuma os trabalhos e conclua os serviços.

“Temos acompanhado essa obra desde que chegamos à Saad Norte. A empresa anterior desistiu e aí necessitamos retomar todo o processo burocrático, com nova licitação e atualização de planilha de valores. Agora temos uma empresa vencedora do certame e iremos dar a ordem de serviço o mais breve possível para que seja retomada”, informou o secretário.

Agora que foi assinado o termo de homologação, será divulgado um cronograma, e a obra deve iniciar ainda neste ano. Segundo a Saad Norte, ainda estão sendo realizadas as negociações para a desapropriação de 40 famílias que moram no entorno da obra na região do bairro Água Mineral, na zona Norte.

A ponte

Ela vai ligar a região do bairro Água Mineral no trecho próximo a Coca-Cola, na zona Norte, com o trecho localizado na UFPI, próximo ao setor de esportes, na zona Leste de Teresina.

A obra tem como objetivo melhorar a mobilidade urbana e melhorar o trânsito na região. A obra foi iniciada ainda em 2020, mas foi prejudicada devido a pandemia do novo coronavírus.

A nova ponte vai ter 240 metros de comprimento e vias para ciclistas e pedestres, além de quatro faixas de rolamento, sendo duas em cada sentido. 


Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir