Cidadeverde.com
Esporte

Cristiano Ronaldo não viaja com United para pré-temporada após faltar a treinos

Imprimir

Cristiano Ronaldo faltou aos primeiros dias de pré-temporada no Manchester United alegando problemas pessoais e, nesta sexta-feira, ficou fora da lista de 31 jogadores relacionados para viajar à Tailândia e à Austrália.

Cristiano Ronaldo ainda não se reapresentou no Manchester United — Foto: Reprodução / Instagram

A imprensa britânica especula a saída de Ronaldo do United desde o fim da última temporada. 

Com o time fora da Liga dos Campeões, o atacante de 37 anos teria o desejo de aproveitar seus últimos anos nos gramados disputando o principal torneio de clubes da Europa.

"Cristiano Ronaldo não estará na partida na Tailândia, uma vez que lhe foi concedida uma folga adicional para lidar com um problema familiar", disse o clube em nota. Nesta semana, Ronaldo foi visto entrando no centro de treinamentos da seleção portuguesa, em Lisboa, pela manhã. O time de Portugal não está reunido.

No domingo, o jornal The Times informou que o português comunicou a diretoria do Manchester United do seu desejo de jogar por uma nova equipe na próxima temporada.

Uma saída, porém, só acontecerá se o clube inglês receber uma "proposta satisfatória" de uma equipe que vá disputar a Liga dos Campeões. Até agora nenhuma tratativa nesse sentido foi anunciada.

Já na terça-feira, o The Guardian destacou que o Chelsea estuda fazer uma oferta oficial pelo craque.

Jorge Mendes, agente de Cristiano Ronaldo, se reuniu com o empresário Todd Boehly, novo coproprietário do clube londrino, no último mês e teria oferecido o astro. A formalização de uma proposta vai passar pelo crivo do técnico Thomas Tuchel.

O brasileiro Andreas Pereira, que estava emprestado ao Flamengo na última temporada, terá um tempo de descanso e também não viaja com a delegação do time inglês.

Recém-contratado pelo United, o lateral holandês Tyrell Malacia, ex-Feyenoord, poderá fazer sua estreia pelo novo clube. A equipe enfrenta o Liverpool em uma partida amistosa, na terça-feira, em Bangcoc.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir