Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo encontra fôlego, recupera torcida para decisões e aguarda opções

Imprimir

Com um show de Pedro, o Flamengo carimbou, nesta quarta–feira (6), a vaga às quartas da Libertadores ao golear o Tolima por 7 a 1. O 'massacre' no Maracanã trás à tona a esperança de retomada e abafa a pressão rubro-negra.

A quarta vitória seguida acontece justamente na primeira decisão de Dorival Júnior no comando. Contratado para mudar a perspectiva do time na temporada, o treinador encontra um caminho no momento crucial do ano.

O adversário da próxima fase da Libertadores é Corinthians. Antes disso, porém, o time carioca vira a chave para enfrentar o mesmo rival alvinegro neste domingo (10), pelo Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP). 

Na competição nacional, Dorival ainda ensaia uma reação, mas conta a sequência positiva.

"A equipe vem ganhando corpo, estão acreditando mais e isso é importante. Ainda é cedo. O nosso processo ainda é de recuperação, então, temos que ter muito cuidado. 

O Brasileirão tem nível de exigência e vamos pagar um preço muito alto para chegar nas primeiras posições. Precisamos de regularidade, que passa pela percepção dos jogadores, eles estão tendo. Cada passo, cada rodada, hoje foi um passo importantíssimo nesse processo", analisou o treinador.

Enquanto Dorival prega cautela e análise jogo a jogo, os mais de 61 mil torcedores presentes no Maracanã já projetam a próxima decisão: contra o Atlético-MG, na próxima semana, pela volta das oitavas da Copa do Brasil.

Gritos de "Vamos virar, Mengo!" ecoaram nas arquibancadas, visto que o Flamengo precisa reverter o placar de 2 a 1.

Internamente, o time rubro-negro encara essa partida como determinante na temporada. O clima de revanche nas arquibancadas também circula nos corredores da Gávea e do Ninho do Urubu. As recentes derrotas para o Atlético, principalmente, a Supercopa florescem a rivalidade.

A evolução desde a chegada de Dorival foi corroborada com a boa atuação contra o Tolima. Os fatos projetam novos rumos na temporada, que podem ser ainda maiores com os reforços à vista.

Em 11 dias, o atacante Everton Cebolinha poderá estrear com a camisa do Flamengo e a tendência é que Arturo Vidal também. O volante deve assinar com o Flamengo em breve se juntar à lista de contratações.

Com os reforços, Dorival ganha novas opções e também a missão de tentar encaixá-los na equipe, correspondendo às expectativas da torcida.

Para a partida deste domingo, Dorival ainda deve contar com o volante Willian Arão -ele foi vendido ao time turco Fenerbahçe, mas com a condição de atuar contra o Corinthians antes. 

Conforme noticiado pelo ge, ele atuou no treino desta sexta-feira (8), onde o técnico indicou que pode poupar alguns nomes contra o adversário alvinegro, com foco na partida contra o Atlético-MG.

Assim, uma possível escalação do Flamengo tem: Santos; Rodinei, Rodrigo Caio, Fabrício Bruno e Ayrton Lucas; Willian Arão, João Gomes e Victor Hugo; Vitinho, Everton Ribeiro e Gabigol.

O Corinthians, por sua vez, ainda não deve contar com Maycon, Fagner, Renato Augusto, Jr. Moraes, Luan e Mantuan, que seguem no departamento médico do time este último já está negociado com o Zenit, da Rússia. 

Em compensação, o atacante Gustavo Mosquito, recuperado de uma tendinite, e o meia-atacante Adson, recuperado de Covid-19, participaram de treino aberto do time alvinegro nesta sexta-feira, e podem estar entre os relacionados. 

Uma possível escalação do técnico Vítor Pereira tem: Cássio; Rafael Ramos, Gil (Bruno Méndez), Raul Gustavo e Fábio Santos; Roni (Cantillo), Du Queiroz e Giuliano; Willian (Lucas Piton), Adson e Róger Guedes.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir