Cidadeverde.com
Política

Deputado diz que CPI sobre o Proaja é debate politico por causa das eleições

Imprimir

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), deputado Francisco Costa (PT), disse nesta segunda-feira (11) que a oposição quer criar um fato político com a proposição de uma CPI para apurar irregularidades no Programa de Alfabetização de Jovens, Adultos e Idosos (Proaja), como apontou um relatório do Tribunal de Contas do Piauí (TCE).

"Querer falar em CPI é fazer um debate político. Estamos nos aproximando de uma eleição, agora a população quer que seja esclarecido", disse o parlamentar em entrevista à TV Cidade Verde.

Segundo o líder do governo, a politização do Proaja não é fato novo. "Esse debate do Proaja é político há muito tempo. Esse programa visa alfabetizar 200 mil pessoas. O papel da oposição é descaracterizar o programa", afirma.

O deputado disse que respeita o posicionamento do TCE e que a Secretaria de Educação do Estado (Seduc) vai responder aos questionamentos.

Foto: Renato Andrade

"Estamos aqui debatendo um relatório do TCE. A Seduc vai se debruçar sobre todos os questionamentos e apresentar os esclarecimentos. A Alepi pode acompanhar de fato e o que tiver de irregularidade tem que se tomar as medidas cabíveis", destacou.

O parlamentar não acredita que o programa seja suspenso por conta do relatório do TCE. "O desejo é que isso (a suspensão) não aconteça. Se suspender, suspende uma oportunidade de dignidade às pessoas que esperam pela alfabetização", finalizou.

Hérlon Moraes
[email protected]

Tags: TCEProaja
Imprimir