Cidadeverde.com
Cidades

Gaeco cumpre 41 mandados no PI, MA e BA; alvos são empresários e políticos

Imprimir

Foto: Divulgação/MPPI

Uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) cumpriu 41 mandados de busca e apreensão nesta sexta-feira (11) contra políticos, servidores públicos e empresários de seis cidades do Piauí e outros dois estados suspeitos de desviar mais de R$ 1,8 milhão em recursos públicos Baixa Grande do Ribeiro, no Sul do estado 

Segundo as investigações, o grupo agia em conluio para fraudar licitações no município, usando empresas de fachada que eram contratadas com sobrepreço pela gestão municipal. Mesmo sem executar os serviços, as empresas recebiam o pagamento e repassavam para as contas bancárias de empresários, políticos e seus familiares.

Autorizada pelo desembargador relator Sebastião Ribeiro Martins, da 1ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), a Operação Primus ainda realizou o bloqueio de bens  em nomes dos resultados no valor do montante contabilizado como desviados pela organização criminosa. 

A ação também contou com a participação de agentes das polícias Civil e Militar do Piauí, Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), Controladoria-Geral da União no Piauí (CGU-PI), a Polícia Rodoviária Federal (PRF-PI) e do  GAECO do Ministério Público da Bahia.

Além de Baixa Grande do Ribeiro, os mandados foram cumpridos nas cidades de Ribeiro Gonçalves, Uruçuí, Floriano, Landri Sales, Teresina, Timon (MA) e Campo Alegre de Lourdes (BA), onde foram apreendidos cerca de R$ 200 mil.

Breno Moreno (Com informações do MP-PI)
[email protected]

Imprimir