Cidadeverde.com
Cidades

Equatorial Piauí registra 342 ocorrências de pipas presas na rede elétrica e faz alerta

Imprimir

Foto: Divulgação/Equatorial Piauí

A Equatorial Piauí informou que no ano de 2021 registrou 342 ocorrências referentes a pipas que ficaram presas na rede elétrica. A empresa faz um alerta sobre perigos e acidentes que podem ser fatais, além da interrupção no fornecimento de energia elétrica.

De acordo com a Equatorial, foram registradas 342 ocorrências de pipas presas na rede elétrica no ano passado, sendo que 297 foram em Teresina. Dessas ocorrências, 230 ocorreram somente nos meses de junho e julho, quando o estado tem uma maior incidência de ventos fortes.

A empresa faz um alerta sobre a situação, destacando a ocorrência de acidentes, assim como aconteceu em 2021, após a queda de 6 pipas na subestação de Parnaíba, que impactou o fornecimento nas cidades de Parnaíba e Luís Correia, deixando cerca de 45 mil pessoas sem energia.

“Empinar pipas é uma brincadeira maravilhosa, mas é fundamental ressaltar que, se realizada por crianças, deve ser supervisionada por um adulto, pois pode gerar sérios riscos. Por exemplo, o desprendimento e o toque na rede de distribuição podem gerar curtos-circuitos, ocasionando interrupções de energia, bem como energizar a linha e causar um acidente, que pode ser fatal. Além disso, quando elas se desprendem, as crianças podem correr para resgatar, por isso que é necessário a supervisão de um adulto para garantir a segurança da brincadeira. O alerta, então, é para que crianças, jovens ou adultos empinem pipas só longe da rede elétrica, em áreas abertas”, explicou o executivo de Segurança da Equatorial Piauí, João Porfírio,.  

A Equatorial informou que a prática de empinar pipas não deve ser realizada perto de subestações e que o uso do cerol é perigoso.

“O cerol pode cortar a camada de borracha que reveste os fios de alumínio ou de cobre, criando a situação de transferência de corrente elétrica. Além disso, o uso de cerol também pode provocar acidentes com motociclistas, motivos pelos quais é absolutamente perigoso”, disse João Porfírio.

Dicas para evitar acidentes

  • Sempre procure um local descampado (aberto) e longe da rede elétrica para evitar possíveis acidentes;
  • A brincadeira deve ser realizada de preferência, sob a supervisão de um adulto.
  • Procure empinar pipas em dias claros com baixa incidência de descargas atmosféricas;
  • Em qualquer situação de pipa no sistema elétrico da Distribuidora, entre em contato com a central no número 0800 086 0800 para que uma equipe possa realizar uma avaliação técnica da situação e proceder da melhor forma para solucionar o caso;   
  • Nunca utilize cerol ou papel alumínio na confecção da pipa, pois os materiais podem provocar curtos-circuitos e colocam em risco não só a vida de quem brinca, como também das pessoas que transitam pelo local.  


Bárbara Rodrigues (Com informações da Equatorial)
[email protected]

Imprimir