Cidadeverde.com
Esporte

Neymar critica torcedor do Santos que agrediu Cássio

Imprimir

Neymar, camisa 10 do PSG e da seleção brasileira, usou suas redes sociais nesta quinta-feira (14) para criticar o torcedor que agrediu o goleiro Cássio, ontem, após o apito final da vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Corinthians, na Vila Belmiro, no jogo de volta das oitavas de final - apesar do triunfo, o clube santista foi eliminado da competição por ter perdido a ida por 4 a 0.

"Fico triste pela derrota do Santos mas o que mais me entristeceu foi ver a atitude desse torcedor. No calor do momento é onde tomamos atitudes que nos fazem se arrepender e nos deixam com vergonha. Espero que isso sirva de lição pra todos os torcedores!", escreveu Neymar no Twitter.

O torcedor que partiu pra cima de Cássio só não acertou o golpe em cheio porque o atacante Marcos Leonardo, do Santos, e seguranças reduziram a velocidade do agressor. Foram registrados também sinalizadores acesos, arremesso de objetos e bombas no campo.

Oito torcedores foram detidos após a invasão em campo na Vila Belmiro. Os invasores foram encaminhados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) que confirmou o número de detidos também informado pelo Santos.

Na súmula, porém, o relato é de sete pessoas detidas. "Foi informado pelo delegado da partida, senhor Wilson Roberto Santoro, que sete torcedores que invadiram o campo foram detidos e encaminhados para o Jecrim, porém, até o fechamento desta súmula, não foi informado nenhum número de registro policial", diz o documento assinado pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima.

Após o episódio, o Corinthians prometeu cobrar punições ao Santos pelas cenas de violência.

A confusão está a caminho do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com as imagens do caos e da violência vista vista no jogo do Santos, a procuradoria do tribunal vai formalizar nos próximos dias a denúncia que pode render punição ao clube.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir