Cidadeverde.com
Esporte

Promessa do futebol americano morre aos 22 anos após bater cabeça em pedra

Imprimir

O tight end Spencer Webb, de apenas 22 anos, morreu nesta quarta-feira (13) após sofrer um acidente em Lane County, em Oregon, nos Estados Unidos. De acordo com o gabinete do xerife local, ele caiu enquanto fazia uma atividade de lazer e não resistiu após bater a cabeça em pedras.

As autoridades informaram que, ao responderem a um chamado de desligamento de rochas, souberam da morte de um jovem, posteriormente identificado como Webb. Segundo o comunicado, espectadores que estavam no local e paramédicos tentaram, sem sucesso, reanimá-lo.

Além disso, a equipe de busca e resgate da região precisou ser acionada para retirar o corpo, que estava em uma trilha íngreme a cerca de 100 metros da estrada. Até o momento, não há evidências de crime e a polícia acredita que a morte tenha sido acidental.

"Estamos profundamente tristes ao saber do falecimento de Spencer Webb. Nossos corações estão com sua família, companheiros de equipe e amigos em um momento tão difícil. Sentiremos muita falta de Spencer", escreveu a universidade de Oregon, no Twitter.

"Tão cheio de vida em cada momento do dia. Seu sorriso e energia farão falta, Spencer. Eu te amo", declarou o técnico principal da equipe, Dan Lanning.

Natural de Sacramento, na Califórnia, Webb iria para o seu quinto ano defendendo a universidade de Oregon. Durante suas quatro temporadas no time, Webb fez 31 recepções para 296 jardas e anotou quatro touchdowns.

Ele jogou com o hoje astro do Los Angeles Chargers, o quarterback Justin Herbert. De acordo com a imprensa norte-americana, Webb era um prospecto avaliado em quatro estrelas e estava no top 10 jogadores da sua posição no esporte universitário.

Foto: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir