Cidadeverde.com
Cidades

Feto de gato é confundido com bebê e mobiliza polícia e IML

Imprimir
  • feto31.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • feto4.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • feto2.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • feto1.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • feto.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com

Um feto encontrado na porta de uma residência no residencial Dom Avelar, na zona Leste de Teresina, mobilizou a Polícia Militar por mais de 6 horas e deslocou também policiais civis, peritos e até o Instituto Médico Legal (IML). A  denúncia é que se tratava de um feto humano, mas o mistério foi desvendado pela perícia que, por meio de testes, confirmou que se tratava de um gato. 

Alessandra de Oliveira, proprietária da casa onde o feto foi achado, conta que acionou a PM porque acreditava de tratar de um bebê. 

"Quando abri minha porta o feto estava ali, mexia a boquinha, parecia uma criança. Todo mundo achava que era uma criança que ainda estava na bolsa, daí peguei no papelão e foi murchando. Ele respirava! agora que sei que é um gato estou aliviada", disse a dona de casa. 

A notícia do feto despertou a curiosidade de vizinhos que se aglomeraram no local. A confirmação de que se tratava de um gato só ocorreu por volta das 15h15.

Foto: reprodução WhatsApp

 

Graciane Araújo 
redaçã[email protected]

Imprimir