Cidadeverde.com
Esporte

CBF divulga áudio de VAR com Daronco em lance de Hulk e Miranda

Imprimir

A CBF divulgou, no início da noite desta segunda-feira (18), a atuação da arbitragem na principal polêmica de Atlético-MG e São Paulo, jogo do Campeonato Brasileiro disputado no último fim de semana e que acabou sem gols.

Na jogada, ocorrida já nos minutos finais do segundo tempo do duelo, o atacante Hulk e o zagueiro Miranda se chocam dentro da área defensiva da equipe paulista e, imediatamente, houve dúvidas em relação à marcação ou não do pênalti.

Logo depois do lance, o árbitro de campo, Anderson Daronco, afirmou que o jogador do São Paulo teria sido o primeiro a tocar na bola e, por isso, não considerou infração.

Responsável pelo VAR, Adriano Milczvski enxergou parte da jogada de maneira diferente: para ele, é Hulk quem muda a trajetória da bola antes do contato - o paranaense, no entanto, viu um "choque de jogo inevitável" depois do toque e concordou com o colega de profissão.

Em meio ao debate, Daronco não checou o lance e optou por manter sua decisão de deixar a partida seguir, irritando os jogadores do time mineiro.

O vídeo disponibilizado pela CBF também não mostra o diálogo ocorrido entre o árbitro e Hulk pouco depois do suposto pênalti - depois do jogo, o atacante do Atlético-MG revelou uma possível frase do juiz ainda no gramado: "Cuidado com o que você vai falar lá fora".

Outro detalhe curioso do vídeo é que, ainda no início da análise, um dos árbitros que está na cabine do VAR se confunde e chama Hulk de Fred.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir