Cidadeverde.com
Cidades

Empresário assassinado em comércio cumpria prisão domiciliar em São José do Divino

Imprimir

Atualizada às 12h50

O delegado Marcelo Leal, da Gerência de Policiamento do Interior, informou que o empresário Edmilson da Silveira Sousa, de 51 anos, estava cumprindo uma prisão domiciliar quando foi executado a tiros no próprio comércio na noite de terça-feira (19) no município de São José do Divino, a 234 km de Teresina.

O empresário tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas e o crime pode ter ocorrido por causa disso.

“Ele cumpria prisão domiciliar, por já ter sido preso algumas vezes, cerca de 2 a 3 vezes pela delegacia de Piracuruca, pelo crime de tráfico de drogas, então acreditamos que esse homicídio tem essa relação com a vida pregressa dessa vítima”, explicou.

A polícia ainda realiza diligências em busca dos suspeitos. “Ontem a polícia militar conseguiu interceptar o carro onde estavam os autores dos disparos, trocaram tiros e a PM ainda continua no cerco aos elementos, na região de Piracuruca, Cocal e São José do Divino. Nós acreditamos que possamos capturar esses indivíduos em um breve espaço”, destacou.

O delegado Marcelo Leal informou que a polícia já possui algumas informações sobre os autores dos disparos. “Temos algumas informações relevantes sobre os possíveis autores dos fatos, já que o carro foi identificado, então assim, é um trabalho policial que vai ser reforçado, pois alguns vestígios demandam uma perícia mais aprofundada no veículo apreendido, e possivelmente essa morte vai ter essa relação com essa atividade com o tráfico de drogas na região”, afirmou.

Matéria original

Foto: Reprodução/WhatsApp

O empresário Edmilson da Silveira Sousa, de 51 anos, foi executado a tiros dentro do próprio comércio na noite de terça-feira (19) no município de São José do Divino, a 234 km de Teresina. A polícia apura se o crime tem relação com o tráfico de drogas, já que o empresário já foi preso algumas vezes suspeito pelo crime.

O comandante da Polícia Militar da cidade, o sargento Benedito Vaz, informou que o crime ocorreu por volta das 20h30, quando ele estava assistindo televisão no seu comércio, onde vendia bebidas e cereais.

“A esposa dele nos informou que ele estava assistindo televisão nesse comércio dele, quando um carro parou na porta e já desceram dois homens armados, que entraram no local e realizaram vários disparos de arma de fogo e ele morreu lá”, informou o comandante.

Após o crime os suspeitos fugiram e logo depois abandonaram o carro. “Não sabemos ao certo quantos participaram dessa ação, mas a certeza é que foram dois que entraram e um ficou no carro na direção. Após a fuga, acionamos a Polícia Militar de Piracuruca, e os policiais chegaram a visualizar os suspeitos, houve uma troca de tiros, e logo depois eles abandonaram o carro, mas ainda não foram localizados”, explicou.

O empresário já foi preso por tráfico de drogas. “Ele já foi preso várias vezes por tráfico de drogas, então nos faz pensar que foi por causa disso sim. Aqui ele tinha esse comércio e várias casas”, disse o sargento Benedito Vaz.


Bárbara Rodrigues e Gorete Santos
[email protected]

Imprimir