Cidadeverde.com
Esporte

PSG vence time japonês com gol de Messi em primeiro teste com trio badalado

Imprimir

O PSG venceu o Kawasaki Frontale por 2 a 1, na manhã desta quarta-feira (20), no estádio Nacional do Japão, em Tóquio, com o trio Messi, Mbappé e Neymar entre os titulares. O craque argentino e Kalimuendo marcaram para o clube francês, e Yamamura descontou para os japoneses.

A equipe parisiense faz mais dois amistosos em território japonês. O próximo compromisso é no sábado (23), contra o Urawa Reds, às 7h (de Brasília), no estádio Saitama.

O JOGO

Galtier escalou o PSG foi com três zagueiros, com Sergio Ramos entre os titulares: Donnarumma; Sergio Ramos, Marquinhos, Kimpembe; Hakimi, Gueye, Vitinha, Nuno Mendes; Messi, Neymar e Mbappé.

Os minutos iniciais foram de bastante equilíbrio, o PSG encontrava dificuldades para encaixar a marcação no time japonês.

Já na segunda metade da primeira etapa, o ataque formado por Messi, Mbappé e Neymar conseguiu criar diversas oportunidades. Mas o goleiro Jung Sung-Ryong fez várias defesas impressionantes e não deixou o clube francês abrir o placar.

Aos 31 minutos o PSG teve sua melhor chance na partida. Mbappé fez cruzamento na medida para Messi, o argentino driblou o goleiro sul-coreano, mas Songkrasin salvou em cima da linha.

Na sequência da jogada saiu o gol do PSG. Mais uma vez Mbappé cruzou na área, Hakimi ajeitou para Messi - que de perna direita bateu de primeira e contou com desvio de Noborizato para vencer o goleiro adversário.

Para o segundo tempo, Galtier tirou Neymar, Mbappé, Nuno Mendes, Hakimi e Kimpembe. Entraram Kalimuendo, Ebimbe, Sarabia, Diallo e Bernat.

Nos primeiros 10 minutos da etapa final o Kawasaki Frontale ficou muito perto de empatar o jogo.

Chinen ficou de frente para o gol de Donnarumma, sem marcação, mas isolou. Minutos depois, Seko roubou a bola de Vitinha no campo de ataque e arriscou de fora da área - obrigando o goleiro italiano a fazer grande defesa.

Quem não faz, leva, e foi o que aconteceu com o time japonês. Aos 13 minutos, Bernat tabelou com Messi pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Kalimuendo, que antecipou a marcação e ampliou.

Após o 2 a 0, Galtier voltou a fazer diversas mudanças no PSG. Donnarumma, Sergio Ramos, Marquinhos, Vitinha e Messi saíram e deram lugar a Sergio Rico, Thilo Kehrer, Zaire-Emerey, Danilo Pereira e Icardi.

Sem grandes nomes em campo, o PSG não conseguiu continuar se impondo e viu o Kawasaki criar mais chances de gol.

Aos 39 minutos, Kehrer afastou mal a cobrança de escanteio e a bola sobrou para Seko - que fez um cruzamento perfeito para Yamamura desviar na primeira trave e descontar para os donos da casa.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir