Cidadeverde.com
Entretenimento

Wolf Maya diz que ex-diretor da Globo 'odiava' Tatá Werneck: 'Achava sem graça'

Imprimir

© Reprodução

O ator e diretor Wolf Maya, 68, contou que não foi fácil conseguir "emplacar" a humorista e atriz Tatá Werneck, 38, nas produções da Globo. "Tinha muita gente que pensava diferente. Eu suei, cara", disse ele, que ainda revelou que alguns diretores da emissora não gostavam dela.

Ele contou que o responsável por Tatá não estrelar novelas teria sido o ex-diretor e autor Silvio de Abreu, 79, -famoso por novelas como "Guerra dos Sexos" e "Sassaricando". "Ele odiava ela! Não queria a Tatá de jeito nenhum! Ele achava ela sem graça, falava que ela era atriz de um personagem só", relembrou, em entrevista ao podcast Papagaio Falante.

"Eu falei: 'aguarde'. Talvez até seja atriz de um personagem só, mas ela decupa o personagem de acordo com a necessidade. E aí ela é genial", disse. A primeira novela de Tata foi "Amor à Vida" (2013) e atualmente ela comanda o Lady Night, seu próprio talk show, que também é exibido na Globo.

O fundador de uma das escolas de teatro mais conhecidas de São Paulo ainda disse que gosta de trabalhar com humoristas, por terem personalidade. "Comediante não tem regra, é fora da regra. Por isso que vocês são fascinantes. Eu adoro", disse.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir