Cidadeverde.com
Picos

Sem melhora, mãe de criança de 2 anos internada no Hospital de Picos cobra transferência

Imprimir

Foto: Rayanne Mota (genitora da criança)

Nesta segunda-feira (25) a reportagem do Cidadeverde.com/picos foi procurada sobre o caso de uma criança de 02 anos que está internada no Hospital Regional Justino Luz e não tem melhora no quadro de saúde. A família tem cobrado transferência para outra unidade de saúde.

A mãe da criança, Rayanne Teixeira Mota, explicou que a filha deu entrada no Hospital de Picos na última sexta-feira (22) com quadro de empolação, coceira e dor pelo corpo. 

“Estamos aqui desde sexta-feira e não estou vendo melhora. Vamos atrás de médico diz que só vem no outro dia, não deixa telefone pra gente ligar e minha filha não tem melhora. Já suspenderam medicação, o diagnóstico é de uma infecção no sangue e urticária, mas até o momento não tenho muita informação”, disse a mãe.

Criança tem apresentado muita coceira no corpo

A família que reside na zona rural de Pimenteiras cobra transferência da menina para outra unidade de saúde.

“Eu queria tentar a transferência porque o sofrimento é grande e não percebo melhora. Ficamos aguardando a passagem do pediatra. Já suspenderam medicação e acabamos sem entender”, frisa a mãe.

Rayanne Teixeira Mota explicou que devido a falta de medicação no Hospital, um problema que tem atingido vários hospitais em todo o país, foi necessário comprar os itens para tratamento da filha.

O Cidadeverde.com/picos procurou a assessoria de Comunicação do Hospital, que informou que a paciente não tem indicação para transferência médica. A mesma está sendo medicada e começa a apresentar melhora.

Paula Monize
[email protected]

Imprimir