Cidadeverde.com
Esporte

Com pênalti perdido, Altos foi derrotado pelo Confiança na Série C do Brasileiro

Imprimir

O primeiro tempo do jogo Confiança x Altos, em Aracaju, teve poucos momentos de real possibilidade para gols. O time local chegou com perigo em duas finalizações de Negueba. 

Foto - Mikaellphoto - ADC

Altos jogava mais defensivamente e teve 3 chegadas com chutes para fora de Valderrama, Marconi e Elielton. O placar de 0 x 0 mostrou bem o que tivemos no campo de jogo.

No segundo tempo o Confiança criou duas boas oportunidades aos 6 minutos e aos 11 minutos. Logo em seguida o zagueiro Adalberto desviou a bola com o braço e o árbitro marcou pênalti. 

O cobrador deveria ser Manoel, porém Betinho assumiu a responsabilidade e chutou para fora aos 15 minutos. Estava perdida a grande oportunidade para o time piauiense abrir a contagem.

Aos 20 minutos Rafael fez boa defesa; aos 29 minutos falhou todo o sistema defensivo piauiense e Charles passou pelo goleiro Rafael e marcou 1 x 0 para o Confiança. 

Nos instantes finais até que Altos esteve perto do empate com Paulo Rangel, Dieguinho e Elielton, mas não conseguiu. Final de jogo com vitória sergipana por 1 x 0.

Ficha Técnica de Confiança 1 x 0 Altos:

Local – Estádio Lourival Batista, em Aracaju.

Gol – Charles aos 29 minutos do segundo tempo.

Confiança – Éverton; Carlos Eduardo, Rafael, Adalberto e Alyson (Dudu); Luan (Negueba), Bruno Camilo (Adryan), Luiz Otávio e Ítalo; Oliveira (Éverton Santos) e Tcharlles (Jhenerson). Técnico – Vinícius Eutrópio.

Altos – Rafael. Ferrari, Fábio Aguiar (Mimica), Lucas Sousa e Danilo Silva (Diego Viana); Valderrama, Marconi (Jerry), Dieguinho e Elielton; Manoel (Dico) e Betinho (Paulo Rangel). Técnico – Fernando Tonet.

Árbitro – Djonaltan Costa de Araújo – PA.
Assistente 1 – Bárbara Roberta da Costa Loiola – PA.
Assistente 2 – Hélcio Araújo Neves – PA.
4º árbitro – Thayslane de Melo Costa – SE.
Analista de campo – Edmo Oliveira Santos – SE.

O próximo jogo de Altos está marcado para o sábado (6) com o Paysandu em Teresina.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir