Cidadeverde.com
Esporte

Técnico do United critica Cristiano Ronaldo por deixar amistoso no intervalo

Imprimir

A relação entre Manchester United e Cristiano Ronaldo parece se deteriorar a cada dia que passa. Antes mesmo do início do Campeonato Inglês, o atacante português foi alvo de críticas por parte do novo técnico do time, o holandês Erik ten Hag, nesta quarta-feira. 

O treinador não gostou nada da postura do astro no amistoso com o Rayo Vallecano, no domingo.

Cristiano Ronaldo deixou a partida ainda no intervalo do amistoso, ao lado do companheiro de time Diogo Dalot, que não estava relacionado para a partida. A saída precoce incomodou o treinador do United.

"Houve outros que foram para casa. Com certeza, não (posso aceitar). É inaceitável, para todos. Eu digo a eles: isso é inaceitável, nós somos um time, não uma seleção. Temos que ficar juntos até o final", disse Ten Hag, em entrevista ao canal holandês Viaplay Sport Nederland.

O amistoso no Old Trafford, com vitória do United por 1 a 0, marcou o retorno de Cristiano Ronaldo ao time inglês. Ele ficou fora das viagens do clube na pré-temporada. Alegou motivos pessoais, mas a imprensa europeia afirma que o jogador estava planejando seu futuro com outro time.

Discreto no amistoso, o atacante português estaria insatisfeito em defender o United nesta nova temporada europeia porque pretendia disputar a Liga dos Campeões, torneio para o qual o clube inglês não obteve a classificação.

Enquanto CR7 ficava fora dos amistosos do United em preparação para a temporada, a imprensa especulava sobre seu futuro. Ele teria sido oferecido para o Chelsea, Manchester City, Paris Saint-Germain e Bayern de Munique, sem sucesso.

Na semana passada, os rumores aumentaram com a visita do seu empresário à diretoria do United, o que parecia definir o seu futuro. Mas nada mudou. O clube chegou a recorrer ao lendário ex-treinador do time Alex Ferguson para convencer o português a seguir no time.

Como o Campeonato Inglês tem início nesta sexta, parece improvável que o português consiga deixar o clube, embora a janela de transferências na Inglaterra se encerre somente em 1º de setembro. O United vai estrear no domingo, em casa, contra o Brighton.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir