Cidadeverde.com
Vida Saudável

É mãe de 1ª viagem? Confira dicas para melhorar o sono

Imprimir


Foto: Freepik

 

Tornar-se pai ou mãe traz grandes mudanças em algumas rotinas. De acordo com os estudos realizados pelo Instituto Europeu de Qualidade do Sono, os pais perdem cerca de 700 horas de sono nos primeiros 12 meses de vida do filho. E sabendo que o sono fragmentado é uma das principais causas do cansaço e da sensação de sono insatisfatório, o objetivo é que os pais, especialmente os de primeira viagem, tentem garantir, ao menos, quatro horas de sono ininterrupto.

Por isso, pesquisadores listaram algumas dicas de práticas diárias que podem ajudar o sono e contribuir para noites mais tranquilas.


Confira:

-Tente se exercitar sempre que encontrar um tempo

Encontrar um tempo quando se torna pai é realmente difícil. No entanto, sempre que for possível, é válido aproveitá-lo em prol de uma rotina de exercícios. Isso pode contribuir para a superação do cansaço e, assim, manter os papais funcionais mesmo que durmam menos. 

“O exercício físico, além de ser importante para a saúde mental, estimula o corpo a liberar o hormônio do estresse cortisol, que ativa o mecanismo de alerta no cérebro e melhora a qualidade do despertar. Até mesmo um treino leve ajudará a liberar endorfinas, que podem aumentar a energia e fazer com que nos sintamos melhor”, explica a explica a psicóloga especializada em terapia cognitiva comportamental para insônia, Theresa Schnorbach.


-Trabalho em equipe: turno noturno

Como mencionado anteriormente, dormir pelo menos quatro horas seguidas é fundamental para se sentir energizado no dia seguinte. Mas com um bebê acordando a cada duas ou três horas, essa tarefa só é possível com trabalho em equipe e algumas estratégias simples - porém eficientes.

Veja algumas opções, desde que a mãe esteja disposta a tirar o leite e armazenar.

*Façam turnos. Por exemplo, um pode cuidar do bebê das 22h às 2h, e o outro pode estar "ligado" das 2h às 6h, para que cada um de possa obter pelo menos quatro horas de sono;
*Revezem-se na alimentação do bebê; 
*Revezem-se para lidar com todas as tarefas noturnas, desde a alimentação até a troca de fraldas, acalmando o bebê;
*Durmam em quartos separados, deixando um quarto livre para o parceiro que não está de plantão aquela noite.
 

-Sigam a rotina de sono do bebê

Tentem juntos montar um esquema que permita, dentre as tarefas do dia a dia, seja em casa ou no trabalho, concentrar-se em duas prioridades: o sono do bebê e o de vocês.

Lembrem-se: o sono é muito importante e lhes dará a energia que vocês precisam para fazer todas as outras coisas de uma forma muito eficiente. Então, durmam quando seu bebê também o fizer. Isso vai te poupar boas horas de sono e de dor de cabeça já que o seu colchão passará ileso de qualquer acidente ou escape!

 
- Invista em um bom colchão e travesseiro

Para ajudar ainda mais no sono, é essencial que o colchão e o travesseiro sejam de qualidade. Ainda que os papais tenham pouco tempo de descanso neste período, é importante que o período do sono alcance o máximo possível de qualidade. Este momento de descanso desempenha um papel vital para nos manter saudáveis e em forma. Estudos mostram que quando se tem um sono de boa qualidade a cada noite, a pessoa tende a acordar com a bateria recarregada, pois tanto a mente quanto o corpo puderam se restabelecer. 

 
-Medite e relaxe

Se você tem problemas para dormir ou está estressado devido às suas obrigações parentais, tente meditar, usar algumas técnicas de relaxamento ou ouvir músicas suaves, que podem ajudar a aliviar a tensão e reduzir o estresse. Quando se relaxa, é possível reduzir os desconfortos de privação do sono e sentir-se mais centrado.

 
- Aceite ajuda

Se vocês receberem a visita de um parente ou amigo, não tenham medo de pedir ajuda. Se alguém em quem vocês confiam oferece ajuda, apenas aceitem. Deixe o bebê em boas mãos e tire uma soneca curta. Isso pode fazer maravilhas pelo humor, saúde e bem-estar!

 


Da Redação
[email protected]

Imprimir