Cidadeverde.com
Esporte

Palmeiras ganha do Goiás com facilidade e aumenta vantagem na ponta do Brasileiro

Imprimir

O Palmeiras aumentou para seis pontos sua vantagem na liderança do Brasileirão ao ganhar com facilidade do Goiás por 3 a 0 neste domingo, no Allianz Parque.

Foto - Cesar Greco - Palmeiras

A vitória em casa foi construída com gols de Mayke, Raphael Veiga, que voltou a marcar após três erros em cobranças de pênalti, e Atuesta.

O triunfo do líder do campeonato foi visto de perto por Jair Bolsonaro. O presidente assistiu à partida ao lado de Leila Pereira no camarote do clube no estádio e ganhou da mandatária uma camisa do Palmeiras, para o qual diz torcer, embora tenha posado com camisa de outros times, incluindo a do arquirrival Corinthians.

O Palmeiras ampliou sua série invicta na temporada para nove partidas e soma, agora, 45 pontos contra 39 do Corinthians, vice-líder que tropeçou na rodada. Na quarta, decide com o Atlético-MG uma vaga às semifinais da Libertadores.

Por isso, Abel Ferreira deu descanso para alguns titulares e oportunidade para outros mostrarem serviço, caso de Mayke, por exemplo, um dos protagonistas do duelo e que marcou o gol de número 12.200 da história do Palmeiras.

Era improvável que o Palmeiras encontrasse dificuldade contra o Goiás. E não encontrou mesmo. Mas também pela postura dos anfitriões, que deixaram fácil a partida, com domínio em boa parte do duelo e um futebol de intensidade e de bom nível mesmo com alguns titulares preservados, como Danilo e Gustavo Scarpa.

Mayke, um dos que ganhou oportunidade entre os titulares, aproveitou a chance que lhe foi dada com um golaço. O lateral recebeu de Dudu e acertou um potente chute no ângulo esquerdo de Tadeu. Placar aberto aos 18 minutos. Antes disso, Wesley, um dos poucos fora de sintonia, havia perdido um gol incrível.

A vantagem se tornou confortável no fim da primeira etapa. Raphael Veiga, na sua melhor jornada desde que retornou de lesão, ampliou em cobrança de pênalti assinalada pelo árbitro com o auxílio do VAR.

No lance, a bola bateu no braço de Caetano O meio-campista bateu no meio do gol e voltou a balançar as redes da marca da cal depois de três erros seguidos.

Abel Ferreira dosou energias de atletas importantes na etapa final e, ao mesmo tempo, colocou outros titulares preservados no primeiro tempo. Tirou Veiga, Zé Rafael e Dudu e lançou mão de Gustavo Scarpa, Danilo e Rony, este recuperado de lesão. Depois, López substituiu Navarro.

O ritmo continuou forte. Wesley, principalmente, teve chances para ampliar, mas estava em tarde infeliz. O atacante perdeu três oportunidades fáceis.

Não fizeram falta porque os anfitriões marcaram mais um, com Atuesta, no fim, sacramentando a tranquila vitória em casa. Foi o primeiro gol do colombiano com a camisa palmeirense.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir