Cidadeverde.com
Esporte

Grêmio goleia Operário com show de Diego Souza e dois gols de Elkeson

Imprimir

Diego Souza fez a diferença de novo. Nesta terça-feira (9), o Grêmio goleou o Operário por 5 a 1, em Porto Alegre (RS), em jogo válido pela 23ª rodada da Série B do Brasileiro, com a marca do centroavante. 

Foto - Lucas Uebel - Grêmio

Além de balançar as redes, o camisa 29 participou da jogada que abriu o placar e depois deu assistência para Gabriel Teixeira. Antes do apito final, Elkeson, que havia entrado no lugar do artilheiro gremista, transformou a vitória em goleada.

Campaz, Diego Souza, Gabriel Teixeira e Elkeson fizeram os gols do Grêmio. Kalil marcou para o Operário.

O resultado faz o Grêmio chegar a 43 pontos e reassumir a segunda colocação, esperando resultado de Sampaio Corrêa e Bahia.

Na próxima rodada, o time tricolor gaúcho visita o CRB e o Operário recebe o Sampaio Corrêa. As duas partidas ocorrem no sábado (13).

Aos 38 anos, o goleiro Vanderlei reencontrou o Grêmio em Porto Alegre e fez boas defesas ao longo do primeiro tempo. Quase uma lei do ex ao contrário, por evitar gols. Mas Campaz acabou com a chance antes do intervalo.

"[Sensação] Horrível, né [por levar gol perto do intervalo]? A gente vinha fazendo bom jogo, tivemos até chance de fazer o gol. Tomar gol no final é sempre complicado. Mas temos totais condições de empatar e até virar o jogo", disse o goleiro ao Premiere antes de levar outros gols gremistas.

Campaz marcou o primeiro gol do jogo aos 44 do primeiro tempo. Isso diz bastante do que foi o início do duelo em Porto Alegre. 

Apesar de ter mais a bola, o Grêmio não conseguiu ser criativo e nem ter profundidade. Para piorar, o time errou defensivamente e passou por sustos ao longo da etapa inicial.

Depois do intervalo, o Grêmio melhorou no ataque. Mais contundente, o time fez 2 a 0 em lance revisado pelo VAR. O gol de Kalil saiu no minuto seguinte, mas não mudou o destino do duelo. 

Gabriel Teixeira marcou o terceiro e botou no placar a superioridade gremista. Aos 44 e 49, Elkeson deu números finais.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir