Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo vence Corinthians mais uma vez e está na semifinal da Libertadores

Imprimir

A missão era muito difícil. O Corinthians precisava reverter a derrota por 2 a 0, em casa, para o Flamengo para avançar às semifinais da Libertadores para continuar na briga pelo seu segundo título na competição.

Foto: Alexandre Vidal/CRF

Apesar de se apresentar melhor em campo, o time não conseguiu se impor em campo e mais uma vez saiu derrotado - 1 a 0 para o rubro-negro.

O Corinthians se despede da Libertadores com apenas duas vitórias em dez jogos e com míseros cinco gols marcados. Agora, o time precisa por a cabeça no lugar e resolver sua deficiência ofensiva gritante para a sequência da temporada. 

Sábado, o time recebe o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro e precisa vencer para diminuir a diferença para o rival, líder da competição com 42 pontos contra 36 do Alvinegro, que ocupa a segunda colocação.

No dia 17, a equipe recebe o Atlético-GO pela Copa do Brasil e mais uma vez precisará reverter uma desvantagem para seguir no torneio - perdeu por 2 a 0 o jogo de ida, em Goiânia, e precisará vencer por três gols de diferença para avançar às semifinais.

O que se esperava do Corinthians no jogo da Neo Química Arena, foi visto no primeiro tempo no Maracanã. O time alvinegro fez uma boa partida, equilibrou as forças com o estrelado elenco do Flamengo e enfim, tomou a iniciativa do jogo.

A equipe paulista resolveu marcar a saída de bola do time rubro-negro, que conseguia suas principais jogadas ofensivas com Everton Ribeiro buscando a bola da defesa. A primeira boa chance foi do Flamengo, com Pedro, que arriscou uma bicicleta, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Logo depois, Rodinei recebeu de David Luiz e cruzou na medida para Everton Ribeiro cabecear, mas a bola passou por cima do gol

A necessidade do gol fazia o Corinthians ir para o ataque. Aos 26, Adson fez ótima triangulação com Willian e Yuri Alberto e chutou cruzado, mas a defesa rubro-negra afastou.

No intervalo, Vítor Pereira tentou tornar o time mais ofensivo e trocou o argentino Fausto Vera e por Renato Augusto. A ideia era manter mais a bola no campo de ataque e buscar o primeiro gol logo, que daria mais tranquilidade para o time conseguir reverter a vantagem rubro-negra.

O problema é que o Arrascaeta teve liberdade aos seis minutos e ele resolveu. O uruguaio avançou pela esquerda, passou como quis por Fagner e cruzou na medida para o atacante Pedro, de carrinho, fazer o seu oitavo gol no torneio, para a explosão da torcida do Flamengo no Maracanã.

Três minutos depois, quase os cariocas marcam o segundo. Arrascaeta fez mais uma linda jogada e tocou para Gabriel, que bateu forte para uma grande defesa de Cássio.

O que já estava difícil, ficou pior aos 22 - Pedro partiu em velocidade e Bruno Méndez impediu o avanço do atacante colocando o braço na bola. Alertado pelo VAR (Árbitro de Vídeo), o zagueiro foi expulso.

O Flamengo seguia amassando o Corinthians. Aos 28, Raul Gustavo errou na saída de bola e Thiago Maia cruzou na medida para Gabriel Barbosa bater para mais uma grande defesa de Cássio.

No rebote, a bola sobrou mais uma vez para o atacante, que bateu certo, mas Balbuena salvou o segundo gol rubro-negro.

Depois, até o fim do jogo, o Flamengo se poupou. Tocou a bola como quis, perdeu gols, levantou sua torcida e avança com força para a semifinal. Ao Corinthians resta se reorganizar rapidamente, ou ficará fora da disputa de qualquer título nesta temporada já na próxima semana.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir