Cidadeverde.com
Esporte

Quinze jogadores brasileiros ainda brigam por vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões

Imprimir

Com início da fase de grupos previsto para setembro, a Liga dos Campeões começou a ter as fases preliminares disputadas desde o final do mês de junho. Equipes como o Fenerbahçe, de Jorge Jesus, e o Monaco já ficaram pelo caminho. Agora, os confrontos finais dos playoffs estão definidos. 

Quem vencer, garante uma vaga entre os times que formarão os agrupamentos. Quem perder, dá adeus à competição nessa temporada e tem muitos brasileiros ainda lutando para continuar nesta disputa.

Os jogos de ida da última fase preliminar estão previstos para os dias 16 e 17 deste mês. Os confrontos de volta estão marcados para a semana seguinte, em 23 e 24 de agosto.

Entre os times que disputarão as partidas decisivas, o Benfica é o que mais tem brasileiros, entre eles David Neres, ex-São Paulo, um de seus destaques. Além do atacante, outros 14 jogadores nascidos no Brasil buscam se juntar aos que já estão classificados.

Veja como ficaram os confrontos e quais brasileiros estarão em campo:

BENFICA (POR) X DÍNAMO DE KIEV (UCR)

A terceira colocação na última edição do Campeonato Português fez com que o Benfica se visse obrigado a disputar as fases preliminares da Champions League. Os Encarnados entraram já na penúltima etapa e passaram pelo Midtjylland (Dinamarca), com duas vitórias (4 a 1 em casa e 3 a 1 fora). 

A equipe portuguesa é a mais brasileira entre todas as que estão nesse estágio do campeonato, com seis atletas nascidos no Brasil -Hélton Leite (GOL), Morato (ZAG), João Victor (ZAG), Gilberto (LAT), Rodrigo Pinho (ATA) e David Neres (ATA).

O Dínamo de Kiev entrou na competição uma fase antes do Benfica. O time ucraniano foi o responsável por eliminar o Fenerbahçe (Turquia), de Jorge Jesus.

Em seguida, passou pelo Sturm Graz (Áustria). O elenco comandado por Mircea Lucescu é formado quase que inteiramente por jogadores do próprio país e não tem com brasileiros.

RANGERS (RSC) X PSV (HOL)

O Rangers, atual vice-campeão da Liga Europa, entrou na competição já na penúltima fase e se classificou de maneira emocionante diante do Royal Union SG (Bélgica).

Após perder o jogo de ida por 2 a 0, os escoceses fizeram 3 a 0 na volta e conseguiram reverter a vantagem. O elenco comandado por Giovanni van Bronckhorst não tem brasileiros.

Assim como seu adversário, o PSV chegou à última fase preliminar da Champions na base da emoção. Após o empate em 1 a 1 na ida contra o Monaco (França), o time holandês estava perdendo o jogo da volta até os 44 do segundo tempo, quando o empate saiu.

Na prorrogação, Luuk de Jong fez o gol da classificação. Ao todo, o elenco tem quatro brasileiros (André Ramalho [ZAG], Mauro Júnior [MEI], Carlos Vinícius [ATA] e Sávio [ATA]).

COPENHAGEN (DIN) X TRABZONSPOR (TUR)

O confronto entre as duas equipes já estava definido desde o começo das fases preliminares. O Copenhagen conseguiu sua vaga ao vencer o Campeonato Dinamarquês.

Enquanto isso, o Trabzonspor foi o campeão do Campeonato Turco na última temporada e conta com dois jogadores nascidos no Brasil no elenco -Vitor Hugo (ZAG) e Bruno Peres (LAT).

QARABAG (AZE) X VICTORIA PLZEN (TCH)

Para chegar à última fase, o Qarabag derrubou Lech Poznán (Polônia), Zurich (Suíça) e Ferencváros (Hungria). O meio de campo da equipe é composto por três brasileiros: Júlio Romão, Kady e Richard, sendo que o último deles já é naturalizado e defende o Azerbaijão.

Por outro lado, o Viktoria Plzen passou pelo HJK (Finlândia) para depois tirar o Sheriff (Moldávia), que foi a sensação da última edição da Champions. O meio-campista Cadu representa o Brasil no elenco do time tcheco.

MACCABI AIFA (ISR) X ESTRELA VERMELHA (SER)

O Maccabi Aifa chegou à última fase preliminar após tirar Olympiacos (Grécia) e Apollon (Chipre) nas fases anteriores. Enquanto isso, o Estrela Vermelha começou sua campanha já na penúltima etapa e passou com facilidade pelo Pyunik (Armênia). O confronto não contará com jogadores brasileiros.

BODO/GLIMT (NOR) X DÍNAMO ZAGREB (CRO)

Surpresa na última Conference League, o Bodo/Glimt já passou por Klaksvik (Ilhas Faroé), Zalgiris (Lituânia) e Linfield (Irlanda do Norte) nas fases anteriores. Enquanto isso, o Dínamo Zagreb, que começou mais à frente, passou por Shkupi (Macedônia do Norte) e Ludogorets (Bulgária). O confronto entre os dois clubes também não contará com atletas brasileiros em campo.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir