Cidadeverde.com
Esporte

Isaquias Queiroz segue brilhando no Canadá com ouro no C1 1000m no Pan-Americano

Imprimir

A passagem de Isaquias Queiroz pelo Canadá está sendo inesquecível para o atleta baiano. Depois de levar ouro e prata no mundial, no fim de semana, o canoísta brasileiro continua se destacando no país.

Foto: Fábio Canhete/CBCa

Nesta quinta-feira, ele conquistou o ouro no C1 1000m no Campeonato Pan-americano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem disputado também em Halifax.

Campeão olímpico do C1 1000m em Tóquio, Isaquias acabou apenas com a prata na final do Mundial, após largar mal, figurar em quinto lugar na prova e arrancar no fim para garantir sua 14ª medalha na competição, no domingo.

O brasileiro só não conseguiu superar o romeno Catalin Chirila, que levou o ouro de ponta a ponta.

A volta à Lagoa Banook foi com sangue nos olhos para provar que é o grande atleta do momento na prova. E Isaquias Queiroz confirmou o favoritismo. Primeiro, ganhou sua eliminatória, indo direto à decisão. Depois, foi soberano na final, cruzando em primeiro com mais de três segundos do cubano Serguey Torres.

Isaquias fez a prova em 4min06s6 na decisão em Halifax, superando o cubano campeão olímpico em Tóquio no C2 1000. O bronze ficou com o local Connor Fitzpatrick. O canadense cruzou bem para trás, com 4min13s02.

"Depois do Mundial, eu já descansei um pouco mais. Não estava tão preparado quanto no Mundial, mas é bom ganhar mais um título para o currículo. Agora é concentrar para amanhã que ainda tem 500 metros", afirmou Isaquias. "O Mundial estava muito tenso e mais concentrado e agora é hora de desfrutar um pouco mais."

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir