Cidadeverde.com
Esporte

Internacional se recupera ao vencer o Fluminense por 3 a 0 no Beira-Rio

Imprimir

O Internacional espantou o princípio de crise que havia se instalado após a eliminação da Copa Sul-Americana e venceu o Fluminense neste domingo à noite no estádio Beira-Rio por 3 a 0. 

Foto - Ricardo Duarte - Internacional

O resultado deixa o Inter em uma boa situação no Campeonato Brasileiro, na sexta colocação com 36 pontos, dentro da zona de classificação a Copa Libertadores. O Fluminense, que tinha chances de assumir a vice-liderança, caiu para quarta colocação com 38 pontos.

A partida contou com a presença do técnico Tite da seleção brasileira. Ele acompanhou o jogo dos camarotes do estádio. O Fluminense não teve uma boa atuação, talvez, pensando no jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil diante do Fortaleza, quarta-feira à noite, no Maracanã. 

O time carioca está em vantagem, porque ganhou na ida por 1 a 0. O Internacional entrou em campo sob muitos protestos. Em virtude da eliminação na Copa Sul-Americana para Melgar do Peru no meio de semana.

O atacante Taison, que estava no banco de reservas era o mais visado pelas vaias dos torcedores.

O jogo começou com o Internacional demonstrando um volume maior. Mas a primeira chance real foi do Fluminense com nove minutos. German Cano bateu de dentro da área e o zagueiro Mercado conseguiu desviar para escanteio.

O Inter respondeu na sequência com Carlos De Pena de falta. A bola passou perto do travessão.

O time gaúcho estava com as linhas adiantadas e o Fluminense tinha dificuldades na saída de bola. Em uma delas, aos 24 minutos, o Inter conseguiu ficar com a posse e Carlos de Pena da entrada da área chutou forte, rente à trave de Fábio. 

O contra-ataque também era uma arma importante dos gaúchos. Em um deles, Wanderson escapou pela esquerda invadiu a área e acertou a trave. Depois da pressão, enfim, saiu o gol do Inter aos 35 minutos. Bustos pela direita recebeu de Jhonny e bateu forte no ângulo oposto de Fábio aos 35 minutos.

No segundo tempo o técnico Fernando Diniz quis melhorar a saída de bola. Por isso sacou o zagueiro Manoel para colocar o veterano Felipe Melo. A troca deu certo no início, pois o Fluminense passou a ter mais qualidade nos passes e chegou a assustar a meta de Daniel.

Mas o Inter voltou a assustar. Aos 16 minutos Maurício fez o gol Mas o lance foi impugnado pelo VAR, que marcou impedimento. No entanto, aos 25 minutos, Alemão aumentou o placar para os gaúchos, 2 a 0. 

Wanderson fez o passe por cobertura da defesa e deixou o atacante na cara do gol, só escolhendo o canto para tirar do alcance de Fábio. Foi o sétimo gol do camisa 35 na temporada.

Nos acréscimos o Internacional fez mais um com Carlos de Pena, de fora da área, um belo gol, chutando de curva aos 47 minutos. A jogada começou em uma saída de bola errada de Felipe Melo.

O Internacional volta a jogar na próxima semana, contra o Avaí em Florianópolis (SC). O Fluminense joga no sábado, contra o Coritiba no Maracanã Pelo Brasileirão. Depois, é claro, de decidir uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil diante do Fortaleza.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir